Busca avançada
Ano de início
Entree

Selamento biológico a base de filme polimérico de MAA alcançado quando em contato no sistema de liberação de drogas. Uma estratégia complexa para combater doenças e otimizar a integração dos tecidos moles

Processo: 23/11031-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2023
Vigência (Término): 31 de agosto de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Érica Dorigatti de Avila
Beneficiário:Daniela Moreira Cunha
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/20719-3 - Um novo revestimento antimicrobiano para liberação de droga direcionado a dispositivos implantares percutâneos, AP.JP
Assunto(s):Coating   Sistemas de liberação de medicamentos   Técnica de automontagem   Próteses e implantes
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:coating | Drug Delivery System | Layer-by-Layer | Percutaneous implant | polyelectrolytes | Implante

Resumo

A viabilidade da presente proposta é baseada em estudos recentes do grupo em questão (de Avila et al., 2019; Verza et ai. 2021), incluindo resultados preliminares detalhados em relatório científico submetido `a FAPESP. O sucesso do sistema de multicamadas construído por meio de interações eletrostáticas entre poli(ácido acrílico) (PAA) e poli(l-lisina) (PLL), foi confirmado com dez duplas camadas (de Avila et al., 2019). Nosso grupo também validou o método de incorporação de drogas neste mesmo sistema através da síntese da tetraciclina (TC), uma droga hidrofílica, com beta ciclodextrina aniônica (²-CD) (Verza et al., 2021). Nesta ultima etapa dos estudos laboratoriais, desenvolvemos um filme à base de ácido metacrílico (MAA) sensível ao pH ácido e admitindo função na expressão de proteínas das células do tecido mole para favorecer a adesão entre tecido/material. Até o presente momento, o material desenvolvido apresentou ausência de toxicidade e demonstrou efeito protetor da droga incorporada, fazendo com que a mesma seja liberada posteriormente no grupo de amostras contendo droga e filme sobre o sistema. No entanto, só conquistamos a não toxicidade após a obtenção do filme em dupla camada e após submeter as amostras a lavagem com bicarbonato de sódio para eliminar a acidez do polímero. A principal desvantagem desta estratégia é a perda da concentração da droga incorporada com as etapas de lavagens ao longo do tempo. Ao mesmo tempo, em que a necessidade de dupla camada polimérica complexiva a confecção deste filme. Positivamente embora parte da droga visivelmente se desprenda do sistema com as etapas de lavagens, a quantidade residual do fármaco parece ser suficiente para agir contra todas as bactérias salivares. Aqui, vamos nos concentrar em criar uma estratégia para remover a propriedade ácida do pó de material baseado no MAA antes de desenvolver o filme. Além disso, um filme sob inovador também será construído para melhorar a estabilidade do selamento biológico entre o componente e o tecido mole através modulação de componentes específicos de hemidesmossomos. A caracterização de um revestimento multicamada detalhado será realizada por diferentes abordagens de microscopia e espectroscopia para provar propriedades físicas e químicas. A estabilidade de revestimento do filme baseado em MAA em [PAA/PLL]10/TC/aniônico aniônica ²-CD será confirmado em pH neutro e ácido, mimetizando saúde e ambientes doentes/inflamatórios, respectivamente. Além disso, as estruturas moleculares e celulares, mecanismos de interação na presença de filme à base de MAA serão investigados para melhorar o efeito terapêutico do sistema de revestimento camada por camada.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)