Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de célula de deionização capacitiva com fluxo radial para abrandamento de água

Processo: 23/08483-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2023
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Luis Augusto Martins Ruotolo
Beneficiário:Bruno Gomes Martins Alves
Instituição Sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):23/15868-8 - Customizando a química de superfície de feltros de carvão ativado comercial visando obter eletrodos assimétricos para uso em deionização capacitiva, BE.EP.IC
Assunto(s):Adsorção   Carvão ativado   Deionização capacitiva   Desmineralização   Reatores eletroquímicos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:adsorção | carvão ativado | deionização capacitiva | Desmineralização | Reatores Eletroquímicos | Engenharia Eletroquímica

Resumo

O crescimento exponencial do interesse pela tecnologia de deionização capacitiva (DIC) tem sido motivado pelo seu baixo consumo energético e pela possibilidade de sua utilização para dessalinização e abrandamento da água. De forma similar a um supercapacitor, na DIC os íons são removidos e armazenados na dupla camada elétrica formanda quando dois eletrodos são submetidos a um campo elétrico. Neste projeto, a DIC será aplicada para o abrandamento da água empregando de uma célula de fluxo radial, a ser projetada e construída com base no conceito de "célula de permeação", desenvolvido em nosso grupo de pesquisa, e que combina as configurações flow-through e flow-by de maneira a alcançar elevadas eficiências e taxas de eletrossorção. Visando tornar essa célula comercialmente viável, será utilizado como eletrodo um feltro de carvão ativado comercial, com elevada área superficial específica e química de superfície apropriada para aplicações em DIC. Considerando a variação da transferência de massa e do tempo de residência ao longo do escoamento radial, propõe-se o estudo de dois padrões de escoamento: (i) do centro do eletrodo para sua extremidade (u ×) e (ii) da extremidade para o centro do eletrodo (u Ð). Para cada configuração, serão avaliados os efeitos da corrente aplicada e da vazão, permitindo assim avaliar o papel dos processos de transferência de carga e de massa sobre a eficiência de carga e a taxa de remoção de íons. A proposta da célula com fluxo radial vista também facilitar e reduzir o tempo da etapa de regeneração do eletrodo, diminuindo assim o tempo de ciclo eletrossorção/dessorção e aumentando a produtividade. Em uma outra vertente, porém complementar, detectou-se em testes preliminares a necessidade de criação de grupos funcionais de superfície no feltro de carbono visando criar cargas superficiais que minimizem o efeito de co-íons e que promovam uma melhoria do processo através do uso de eletrodos assimétricos. Propõe-se que esta etapa seja desenvolvida em colaboração com pesquisadores do exterior, através de um projeto BEPE/Fapesp.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)