Busca avançada
Ano de início
Entree

SUPORTE: Desigualdades, Resiliência e Novas modalidades de Governança em um mundo pós pandemia

Processo: 23/09223-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2023
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Acordo de Cooperação: Trans-Atlantic Platform for the Social Sciences and Humanities
Pesquisador responsável:Leda Maria Caira Gitahy
Beneficiário:Aline Yuri Hasegawa
Instituição Sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/07839-2 - SUPORTE: desigualdades, resiliência e novas modalidades de governança em um mundo pós-pandemia, AP.R
Assunto(s):Governança
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Demobilizations | Dis-information | Inequalities | Mis | Mobilizations | Recovery Governance | Resilience | Response | Solidarity | Interdisciplinar

Resumo

Este projeto examina as consequências de curto e longo prazo da Covid-19 orientado pelas prioridades de pesquisa do "UN Research Roadmap". SUPORTE propõe uma visão holística para o estudo da crise da Covid-19, que entendemos ao mesmo tempo como novas formas de mobilização/desmobilização de sociedades e sistemas políticos como também a entrada em uma nova era de mudanças e transformações. A partir da elaboração e percepções de uma equipe transatlântica com experiência no estudo de "desigualdade","gênero", "resiliência", "migrações", "governança" e "radicalização", este projeto está orientado por cinco objetivos principais: * Analisar as formas de governança da Covid-19 no nível local, nacional e global a partir de uma perspectiva comparativa/transatlântica. Explorar as consequências sociais, políticas e éticas dessas práticas de governança sobre as desigualdades sociais, sistemas políticos, direitos humanos e liberdades no contexto do aprofundamento da divisão entre o Norte e Sul Global. * Identificar como as desigualdades em suas várias dimensões (étnicas, de classe, status migratório, gênero e idade) foram reforçados e desafiadas durante e depois da pandemia. * Estudar novas formas de (des)mobilização e práticas de resiliência das comunidades, movimentos de solidariedade e mobilização social de grupos para defender seus direitos políticos e sociais. * Analisar as fontes e formas de produção e difusão de "notícias falsas" nas redes sociais, e nas mais diversas mídias e seus efeitos no contexto da covid-19. * Desenvolver plataformas transatlânticas, co-produzir metodologias e ferramentas práticas forjadas em uma cultura de resiliência que possam conformar uma base sistemática para enfrentar os anos de reparação pós pandemia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)