Busca avançada
Ano de início
Entree

Descrevendo novos alvos na cromatina do Trypanosoma cruzi por imunoprecipitação de cromatina locus-específica

Processo: 23/08391-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2023
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Julia Pinheiro Chagas da Cunha
Beneficiário:Ana Paula de Jesus Menezes
Instituição Sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15553-9 - Indo a fundo na regulação da cromatina de Trypanosoma cruzi: identificação de novas moléculas e questionando seu possível impacto no controle da transcrição, AP.JP2
Assunto(s):Trypanosoma cruzi
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Chromatin | Transcription | Trypanosoma cruzi | biologia de parasitos

Resumo

No JP1, nosso grupo descreveu muitas proteínas associadas à cromatina, bem como mais de 40 modificações pós traducionais (MPTs) dehistonas diferencialmente expressas em formas de vida replicativas versus não replicativas em Trypanosoma cruzi. As regiões clássicas de eu e heterocromatina estão presentes em seus núcleos e mudam dramaticamente durante a diferenciação de epimastigotas para metacíclicos (EàM). Tradicionalmente, essas regiões da cromatina (e algumas MPTs de histonas) estão associadas à regulação da transcrição. Esses conjuntos de dados, no entanto, não permitem a associação de uma determinada proteína (ou um conjunto de proteínas) a um locus genômico específico. Isso, por sua vez, aumentaria a abrangência da biologia da cromatina, possivelmente descrevendo funções imprevistas tanto da proteína quanto do contexto genômico. Recentemente, metodologias de ponta têm sido desenvolvidas para recuperar proteínas associadas a um determinado locus. Assim, aqui iremos avaliar o conteúdo de cromatina de regiões específicas do genoma de T. cruzi usando dCas9-Flag (tanto estratégias in vitro quanto in vivo) guiadas para atingir regiões genômicas específicas (ou seja, TTS, TSS, regiões teloméricas, origens de replicação, regiões promotoras de SL; 24S e rRNA de subunidade pequena (transcritos de RNA Pol I); regiões de tRNA e soRNA (transcritos de RNA Pol III)). A comparação entre o conteúdo de cromatina associada de cada locus, juntamente com a avaliação de (possíveis) mudanças durante a diferenciação EàM (e ciclo celular) pode contribuir para uma melhor compreensão dos fatores envolvidos no estabelecimento e manutenção do silenciamento/ativação gênica bem como descrever os principais componentes proteicos associados à diferenciação/ciclo celular. Finalmente, o papel dos alvos 1-2 será explorado através do sistema CRISPR/Cas9 para a geração de parasitas nocautes (KO) e proteínas marcadas

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)