Busca avançada
Ano de início
Entree

Mediação algorítmica nas sociedades de controle: caracterização da modulação de comportamento de usuárias por meio de técnicas de aprendizado de máquina em patentes da Google

Processo: 23/01858-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2023
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Pedro Peixoto Ferreira
Beneficiário:Rafael Gonçalves
Instituição Sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Inteligência artificial   Sociologia da tecnologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Inteligência Artificial | Sociedades de Controle | Sociologia da Tecnologia | Estudos sociotécnicos de algoritmos

Resumo

Este projeto de pesquisa propõe uma investigação sobre as características dos processos de antecipação e modificação de comportamento por meio de técnicas de aprendizado de máquina em tecnologias patenteadas pela empresa Google. No final do século XX, Gilles Deleuze propôs o termo "sociedades de controle" para designar uma lógica social emergente em que os espaços de confinamento e as técnicas de disciplina sobre o corpo cedem a centralidade para os meios flexíveis e as operações de controle mental e subjetivo. Nesse contexto, há uma mudança de escopo do sistema capitalista que, aliado ao desenvolvimento das tecnologias da informação, passa a exercer poder sobre, e explorar economicamente, processos que ainda não se efetivaram -- é o que ocorre, por exemplo, com o patenteamento de um código genético, organismo em potencial. De modo similar, a emergência dos sistemas de inteligência artificial -- e das técnicas de aprendizado de máquina a eles associados -- significou a criação de novas tecnologias de controle capazes de antecipar e afetar comportamentos de usuárias em situações mediadas por algoritmos. Diante disso, propomos a análise de dezoito documentos de patente da empresa Google, entendida como primeira e principal agente do capitalismo contemporâneo a desenvolver e usar tais tecnologias, a fim de caracterizar como as técnicas de aprendizado de máquina são utilizadas para antecipar e afetar comportamentos de usuárias nas tecnologias patenteadas pela empresa.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)