Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de dispositivos eletrônicos portáteis em atividade física de pacientes com doenças reumáticas

Processo: 23/03895-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2023
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Samuel Katsuyuki Shinjo
Beneficiário:Nathalia Gabriele dos Santos Pereira
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dispositivos eletrônicos vestíveis   Doenças reumáticas   Telemonitoramento   Reumatologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dispositivos eletrônicos vestíveis | Doenças reumáticas | miopatias inflamatórias | Telemonitoramento | vasculites sistemicas | Reumatologia

Resumo

Doenças reumáticas autoimunes sistêmicas são doenças que cursam com processo inflamatório, ou seja, febre, redução do peso, inchaço, dor difusa/articular e fadiga, podem afetar órgãos e sistemas, e são caracterizadas geralmente por apresentar elevada prevalência de doenças cardiovasculares e morbidade, além de apresentar redução da capacidade funcional, levando a redução do nível de atividade física e da qualidade de vida, especificamente, nas vasculites sistêmicas primárias (VSP) evidenciando um processo inflamatório no vaso sanguíneo, que pode entre outros sintomas apresentar claudicação intermitente, como visto na arterite de Takayasu. Já as miopatias autoimunes sistêmicas (MAS) tem como característica a inflamação muscular, constantemente acompanhados de manifestações extramusculares, como visto na dermatomiosite e na síndrome antissíntetase, podendo afetar por exemplo, os pulmões. O uso de dispositivos vestíveis como ferramentas de telemonitoramento e estratégia não-farmacológica para modificação do estilo de vida e controle de sinais vitais, tem ganhado notoriedade nos últimos anos, com tendência impulsionada pela pandemia por COVID-19. Apesar do avanço acerca da utilização desses dispositivos, há ainda lacunas consistentes referentes ao acesso, adesão e a associação do uso de dispositivos vestíveis com desfechos centrados nos pacientes, como percepção geral de doença, percepção de fadiga e qualidade de vida. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivos caracterizar os dispositivos vestíveis de atividade física, assim como, verificar fatores relacionados à adesão e a associação com desfechos centrados nos pacientes com doenças reumáticas autoimunes sistêmicas, particularmente, VSP e MAS.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)