Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de microRNAs diferencialmente expressos em vermes adultos de Schistosoma mansoni tratados com TNF-alfa humano

Processo: 23/04391-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2023
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Helmintologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Katia Cristina Pereira Oliveira Santos
Beneficiário:Rafaella Pontes Marques
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia computacional   MicroRNAs   Transdução de sinais   Fator de necrose tumoral alfa
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bioinformática | MicroRNAs | Parasitologia | sinalização celular | TNF-alfa | Bioinformática

Resumo

O Schistosoma mansoni é um importante causador da esquistossomose em regiões tropicais e subtropicais, incluindo o Brasil. Diversos trabalhos demonstraram a importância das vias de sinalização no desenvolvimento e reprodução dos esquistossomos. Ensaios anteriores de nosso grupo de pesquisa identificaram o receptor de TNF-alfa humano em S. mansoni e homólogos em helmintos, além de demostrarem a importância desta citocina no desenvolvimento, metabolismo e reprodução do parasita por meio da alteração do perfil de expressão gênica. Os microRNAs são pequenos RNAs que possuem um papel fundamental na regulação pós-transcricional da expressão gênica, sendo seus efeitos observados no desenvolvimento de organismos-modelo como o Caenorhabditis elegans e Drosophila melanogaster e também nos mamíferos.O projeto em questão tem como finalidade principal a criação de um pipeline de análise in sílico para a identificação de miRNAs diferencialmente expressos em vermes adultos de S. mansoni tratados com TNF-alfa humano utilizando resultados de experimentos de RNA-seq de microRNAs obtidos previamente pelo nosso grupo de pesquisa. O pipeline será composto por algoritmos para a predição e identificação de miRNAs diferencialmente expressos, além da identificação e predição de genes alvos regulados pelos miRNAs. Espera-se que a partir dos resultados obtidos, possamos adquirir um conhecimento aprofundado a respeito da biologia do parasita e dos processos moleculares envolvidos no seu desenvolvimento frente à estimulação induzida por uma das principais citocinas pró-inflamatórias produzidas por seu hospedeiro ao longo da infecção.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)