Busca avançada
Ano de início
Entree

Pequenos mamíferos não voadores do cerrado paulista: diversidade, uso do habitat e o impacto do adensamento lenhoso

Processo: 22/15437-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2026
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Alexandre Reis Percequillo
Beneficiário:Luciana de Oliveira Furtado
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/11444-0 - Diversidade de roedores neotropicais (Rodentia: Sciuridae, Cricetidae, Echimyidae): origem, evolução e biogeografia, AP.TEM
Assunto(s):Conservação   Didelphimorphia   Diversidade funcional   Micro-hábitat   Rodentia   Ecologia de comunidades
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Conservação | Didelphimorphia | diversidade funcional | microhabitat | Rodentia | Ecologia de comunidades

Resumo

O Cerrado é a única savana considerada um dos hotspots de biodiversidade, e encontra-se ameaçadapela elevada taxa de conversão da vegetação nativa, resultando em remanescentes com alto grau defragmentação. As poucas áreas de Cerrado preservadas ainda estão vulneráveis a outros processos,como o adensamento lenhoso, que vem descaracterizando as fisionomias abertas de savana através doaumento da biomassa lenhosa, principalmente na sua porção meridional. A perda de espéciesespecialistas de áreas abertas é a principal consequência desse processo. Os pequenos mamíferos sãosensíveis a mudanças ambientais, e desempenham funções ecológicas importantes nos ecossistemas,como dispersão e predação de sementes, fertilização do solo, dentre outras. Os impactos doadensamento na diversidade dos pequenos mamíferos não são conhecidos para grande parte doCerrado, especialmente do ponto de vista funcional. Neste projeto, dividido em três capítulos,avaliaremos o uso do macro e microhabitat e os impactos do adensamento lenhoso na diversidadetaxonômica (riqueza, abundância e composição) e funcional (riqueza, equabilidade, divergência eredundância) dos pequenos mamíferos não voadores no Cerrado do estado de São Paulo. Além disso,será feita uma avaliação do estado de conservação das populações do Cerrado paulista, baseado nospadrões de distribuição em comparação a dados de ocorrência históricos. Esperamos contribuir parao conhecimento do uso do habitat e dos impactos do adensamento do Cerrado na diversidadetaxonômica e funcional de pequenos mamíferos, e prover informações importantes para a suaconservação.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)