Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologia de monitoramento de projetos de restauração florestal com Drone DJI Phantom 4 Multiespectral na bacia do Rio Paraíba do Sul - SP

Processo: 23/05231-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2023
Vigência (Término): 30 de abril de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Nathan David Vogt
Beneficiário:Thais Cristina Colacio
Instituição Sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/10105-5 - Integrando o conhecimento local e científico para informar a restauração de paisagens no Vale do Paraíba que produzem bens locais, conservam o habitat e regulam os recursos hídricos, AP.BTA.JP
Assunto(s):Planejamento territorial regional   Restauração florestal   Sensoriamento remoto   Serviços ambientais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Planejamento regional | restauração florestal | Sensoriamento Remoto | serviços ecossistemicos | Vale do Paraíba Paulista | Monitoramento de restauração florestal

Resumo

Desmatamento e degradação de florestas e os impactos causados são um problema internacional. Em resposta ONU lança iniciativa internacional para restauração de florestas, a qual foi denominada "Década de Restauração". Com a degradação da Mata Atlântica na região do Vale do Paraíba durante diversos ciclos econômicos se fez necessários procedimentos para restauração.A perda de cobertura florestal é um fator-chave, que reduz a capacidade das paisagens de facilitar a infiltração / reduzir o escoamento, para tamponar as inundações durante chuvas fortes e recarregar as águas subterrâneas para melhorar os suprimentos durante as secas. Vários planos do uso e ocupação dos solos identificaram a restauração florestal como uma ação chave, na bacia do rio Paraíba, para melhorar a regulação da qualidade e suprimento de água.Neste projeto de iniciação científica será desenvolvido metodologias de comparação de áreas de restauração, baseado no protocolo SMA32, utilizando drone multiespectral que capturará dados como índices de saúde de árvores, além de densidade de indivíduos e cobertura de solo com vegetação nativa em porcentagem, dados quais serão compilados e analisados para criação de um comparativo de progresso de diferentes técnicas de restauração.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)