Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto clinico patológico no atraso do diagnóstico de pacientes tratados com câncer de cabeça e pescoço: América do Sul e Europa

Processo: 23/04308-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 24 de julho de 2023
Vigência (Término): 23 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Cleverton Roberto de Andrade
Beneficiário:Amanda Miranda Martins
Supervisor: David Ian Conway
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Glasgow, Escócia  
Vinculado à bolsa:22/08374-6 - Impacto do Estado Civil no Prognóstico de Pacientes Tratados com Câncer de Cabeça e Pescoço com enfoque em Carcinoma Espino-celular (Estudo retrospectivo e Revisão sistemática, BP.IC
Assunto(s):Neoplasias de cabeça e pescoço   Estado civil   Oncologia   Diagnóstico tardio
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Atraso no diagnóstico | câncer de cabeça e pescoço | Estadio avançado | Estado civil | headspace | Oncologia

Resumo

Translational Studies of Head and Neck Cancer in South America and Europe (HEADSpAcE) é um consórcio de mais de 15 parceiros com um longo e bem sucedido registro de colaboração em câncer de cabeça e pescoço (HNC). Foi financiado pela União Européia e coordenado pela Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer, para compreender e melhorar a detecção precoce e o resultado clínico do HNC, que é o 6º câncer mais comum em todo o mundo, mas com altas taxas de mortalidade devido ao diagnóstico tardio. O consórcio envolve oito áreas-chave de pesquisa, incluindo o enriquecimento dos biorepositórios de cabeça e pescoço, o estudo das razões por trás do diagnóstico tardio do HNC, o diagnóstico do HPV na clínica, o estudo da distribuição do HPV+ HNC, e a consolidação das práticas internacionais de tratamento e divulgação da pesquisa sobre HNC. O consórcio HEADSpAcE da Universidade de Glasgow realiza estudo para investigar as razões do prognóstico tardio em cânceres de cabeça e pescoço. Por esta razão, este estudo visa explorar as razões individuais para o diagnóstico tardio, bem como o estilo de vida e os fatores culturais. Ele envolverá uma análise epidemiológica das diferenças sócio-demográficas no atraso no diagnóstico e prognóstico de pacientes com HNC. Serão coletados dados clínicos e patológicos de pacientes com HNC, incluindo sexo, etnia, idade no diagnóstico, estado civil, hábitos, diagnóstico de HPV, tipo de tratamento, recorrência, metástase, estágio clínico e sobrevivência. O estudo também investigará se o sexo e o estado civil agem como fatores prognósticos independentes no diagnóstico tardio e na sobrevivência, e se existe uma diferença entre os estágios avançados III e IV relacionados ao estado civil. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)