Busca avançada
Ano de início
Entree

Micropoluentes em esgoto sanitário: o papel da acidogênese, metanogênese e nitrificação/desnitrificação na degradação de triclosan, ibuprofeno, diclofenaco, atenolol, propranolol e carbamazepina

Processo: 22/01945-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2026
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcelo Zaiat
Beneficiário:Matheus Neves de Araujo
Instituição Sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Poluentes orgânicos   Nitrogênio   Separação de fases   Tratamento biológico   Esgotos sanitários   Metanogênese   Nitrificação   Desnitrificação   Compostos orgânicos   Compostos heterocíclicos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Reator Anaeróbio de Leito Fixo Estruturado | remoção de nitrogênio | Separação de fases | Tratamento biológico | Remoção de Micropoluentes Orgânicos e Nitrogênio

Resumo

Paralelamente aos avanços e conquistas alcançados nas sociedades modernas por meio do desenvolvimento técnico-cientifico, diversos problemas relacionados à saúde humana e ambiental surgiram como consequência da inserção de determinados grupos de moléculas, compostos ou substâncias que antes não existiam em compartimentos ambientais, como p.ex. os recursos hídricos, sendo estes, então, denominados de micropoluentes. Dentre a gama de micropoluentes, existem composto que são considerados prioritários em termos de atenção sobre seus efeitos deletérios sobre a saúde humana e ambiental, como é o caso dos fármacos e dos produtos de cuidado pessoal. A ampla e massiva utilização dessas classes de micropoluentes vêm sendo encontradas em diversos compartimentos ambientais. Além disso, a baixa eficiência de remoção nas estações de tratamento de efluentes convencionais que aportam efluentes com contribuições expressivas destes compostos e nas estações de tratamento de lodo, são fatores relevantes em relação a presença e persistência de micropoluentes no meio ambiente. Apesar da capacidade dos processos anaeróbios em promover aspectos fundamentais para superar os desafios relacionados aos micropoluentes presentes em esgoto sanitário, existem poucos trabalhos na literatura em que se busca compreender os efeitos dos processos anaeróbios em conjunto com processos de remoção de nitrogênio para degradação de micropoluentes. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo central avaliar um sistema de tratamento biológico para esgoto sanitário baseado na digestão anaeróbia e nos processos de nitrificação e desnitrificação heterotrófica para degradação de seis micropoluentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)