Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos hidrológicos de mudanças da cobertura florestal na Amazônia: histórico e cenários futuros

Processo: 20/15367-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2023
Vigência (Término): 22 de outubro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Beneficiário:Raíza Salomão Precinoto
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Hidrologia de floresta   Desmatamento   Simulação de cenários   Uso do solo   Recursos hídricos   Mudança climática   Amazônia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Desmatamento | Hidrologia florestal | mudança de uso da terra | Regulação hídrica | simulação de cenários | Hidrologia Florestal

Resumo

As interações entre floresta, água e energia garantem funções como estoque de carbono, regulação climática e distribuição de recursos hídricos. Os efeitos hidrológicos relacionados à mudança da cobertura florestal são apontados atualmente como mais importantes para mitigar os efeitos das mudanças climáticas e de uso da terra do que a função de estoque de carbono. Este trabalho analisará a influência do desmatamento sobre os processos hidrológicos em bacias da região Amazônica e, a partir disso, simular cenários para avaliar como estes processos poderão ser afetados no futuro. Serão utilizadas 31 bacias hidrográficas para as quais serão utilizados 30 anos de dados hidrológicos e meteorológicos obtidos na base CAMELS-BR (Chagas et al. 2020) e deuso da terra pelo Mapbiomas Amazonia 2.0. Na primeira etapa deste projeto será analisada a influência do histórico de desmatamento sobre o regime hidrológico por meio dos índices hidrológicos: Base Flow Index, Richards-Baker Flashiness Index, Q90, Q10obtidos pelas curvas de duração de fluxo calculadas a partir do deflúvio diário. Em seguida, será analisada a responsividade hidrológica das bacias em relação ao desmatamento e regime de precipitação utilizando-se o modelo hidrológico de Zhou et al.(2015) e verificando-se os fatores físicos que afetariam o deflúvio anual. Por fim,pretende-se estimar a mudança futura no deflúvio anual em relação ao cenário tendencialde mudança na cobertura florestal, levando-se em consideração as projeções de mudanças climáticas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)