Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de sistemas de pectina-quitosana enriquecidos com carreadores lipídicos nanoestruturados para a veiculação de nisina, sinvastatina e adenosina visando ao tratamento de úlceras cutâneas

Processo: 22/12876-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2023
Vigência (Término): 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Luciana Biagini Lopes
Beneficiário:Regina Gomes Daré
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/13877-1 - Nanocarreadores para a quimioprevenção e tratamento localizado de tumores de mama, AP.JP2
Assunto(s):Angiogênese   Carreadores lipídicos nanoestruturados   Cicatrização   Inibidores de hidroximetilglutaril-CoA redutases
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:angiogenese | Carreadores lipídicos nanoestruturados | Cicatrização de Feridas | Estatina | úlcera crônica | Nanofarmacologia

Resumo

O aumento na incidência de lesões cutâneas de difícil cicatrização devido ao envelhecimento populacional e prevalência de alguns tipos de doenças crônicas (como diabetes) exige uma constante busca por novas estratégias de tratamento que associem menor custo e boa eficácia. Uma vez que distúrbios na revascularização e ocorrência de infecções microbianas contribuem para dificuldades de cicatrização, propomos neste projeto um sistema de liberação com base na nanotecnologia para a veiculação da combinação de sinvastatina e adenosina, em um hidrogel enriquecido com nisina, como uma nova estratégia para o tratamento de feridas. Diversos estudos demonstraram a atividade pró-angiogênica da sinvastatina e adenosina, enquanto que o peptídeo nisina tem sido utilizado como um antimicrobiano seguro de uso alimentar. Carreadores lipídicos nanoestruturados associados à sinvastatina e adenosina (CLN-S/A) estão atualmente em fase de desenvolvimento para promoção da localização destes ativos nas lesões cutâneas. O presente projeto tem por objetivo (i) incorporar esses CLN-S/A em hidrogel de pectina-quitosana contendo nisina, e avaliar (ii) a capacidade dos sistemas em promover a retenção cutânea dos ativos, (iii) seus efeitos celulares in vitro e (iv) in vivo na cicatrização de feridas cutâneas. Com a execução deste trabalho espera-se contribuir com um melhor entendimento da contribuição da associação da sinvastatina e adenosina como agentes cicatrizantes, e da nisina como agente antimicrobiano, para melhora do processo de cicatrização de feridas crônicas, bem como contribuir com o desenvolvimento de alternativas seguras e eficientes para o tratamento tópico de úlceras cutâneas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)