Busca avançada
Ano de início
Entree

Oportunidades nos produtos naturais: estudo da atividade antineoplásica de novos derivados semissintéticos de geraniol.

Processo: 22/12402-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Erico Tosoni Costa
Beneficiário:Ariela Mo
Instituição Sede: Hospital Sírio-Libanês. Sociedade Beneficente de Senhoras (SBSHSL). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antineoplásicos   Produtos naturais   Biologia celular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Antineoplásicos | derivado semissintetico | Geraniol | Produtos Naturais | Tumores Colorretais | Biologia celular

Resumo

Os produtos naturais são uma matriz valiosa de agentes com muitas aplicações em diversas áreas da Farmácia, da Biologia e da Medicina. Isso é particularmente evidente no campo da Oncologia moderna, onde mais de três quartos de todos os compostos anticancerígenos são derivados destes produtos, seja por modificação estrutural dos compostos naturais originais (semisíntese), ou pela síntese integral de novos compostos, projetados a partir de um composto natural como modelo. Dentre os produtos naturais com potencial para aplicação destaca-se o geraniol, um álcool acíclico derivado de plantas aromáticas, que exerce um amplo espectro de atividades farmacológicas, tais como atividades antimicrobianas, antiinflamatórias, antioxidantes, antiulcerosas e neuroprotetoras. No campo da Oncologia, o geraniol exerce um efeito citotóxico em uma série de linhagens de cânceres, particularmente dentre as de câncer colorretais (CRCs) dado sua grande permeabilidade ao epitélio intestinal. O CRC é o segundo tipo de câncer mais comum no Brasil e uma das principais causas de mortalidade por câncer. Vislumbrando as potencialidades do geraniol como agente antineoplásico, esse projeto busca gerar derivados semissintéticos a partir desta molécula e mensurar o potencial antineoplásico dessa nova-geração de derivados (várias delas inéditas) em modelos de CRC de modo a potencializar sua eficácia antitumoral e reduzir sua toxicidade. Como modelos de estudo serão utilizadas linhagens de CRC imortalizadas in vitro para os testes de citotoxicidade e o modelo de Zebrafish (Danio rerio) para testes de toxicidade dos compostos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)