Busca avançada
Ano de início
Entree

A atuação de uma empresa incorporadora brasileira: o reescalonamento espacial da MRV para o mercado norte americano

Processo: 22/15846-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2023
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Everaldo Santos Melazzo
Beneficiário:Bruna Ribeiro Corrêa
Supervisor: Patricia de Toledo Basile
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa: Indiana University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:22/00050-7 - A participação dos grupos econômicos MRV e Rodobens nas dinâmicas imobiliárias de cidades médias paulistas: os casos de Presidente Prudente e Ribeirão Preto, BP.MS
Assunto(s):Financeirização   Produção do espaço urbano   Geografia urbana
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:financeirização | MRV Engenharia | produção do espaço urbano | reescalonamento | Geografia Urbana

Resumo

A financeirização retrata um amplo e complexo processo de mudanças estruturais do capitalismo contemporâneo e que pode ser analisada em diversas perspectivas. Neste projeto, nos limitamos a investigar uma de suas faces: a financeirização de empresas não financeiras, mais especificamente, o caso de uma das principais empresas de construção e incorporação imobiliária do Brasil, a MRV Engenharia. Nesta perspectiva, a presente proposta traz como eixo principal a compreensão do papel da financeirização na análise do salto escalar da produção da MRV, em direção ao norte global, mais especificamente, os Estados Unidos. A escolha deste país para a realização dos estudos se deve ao fato de que o mesmo apresenta um papel singular no processo de financeirização, ao controlar a principal moeda de troca e possuir os principais centros financeiros e instituições de regulação da ordem capitalista mundial, além de sediar a subsidiária Resia, responsável pela consolidação das atividades do grupo MRV nos Estados Unidos. Para tanto, lança-se algumas questões: Como e por que a MRV adquiriu a Resia? Qual o histórico, as estratégias e o papel da Resia no mercado norte-americano? Por que a MRV escolheu expandir seus negócios para os EUA, um mercado tão consolidado e concorrido, com empresas de grande knowhow e que atuam na escala internacional/global? Metodologicamente, a pesquisa se apoiará em três eixos: I) levantamento bibliográfico e documental, II) levantamento de dados secundários, III) trabalhos de campo, além da análise e sistematização dos resultados obtidos. O projeto encontra justificativa ao considerar as ações concretas da incorporadora e sua aproximação e articulação com o processo de financeirização, evidenciando as transformações da sua capacidade produtiva, o que implica em um salto escalar em direção à escala internacional de atuação, por meio de um movimento singular e único. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)