Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre a expressão de HIF-1a e LIF no sangue periférico de pacientes com câncer de mama.

Processo: 23/00550-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Beatriz da Costa Aguiar Alves Reis
Beneficiário:Maria Paula Duran Penteado
Instituição Sede: Centro Universitário. Faculdade de Medicina do ABC (FMABC). Organização Social de Saúde. Fundação do ABC. Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Biópsia líquida   Expressão gênica   Hipóxia   Neoplasias   Oncologia molecular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biópsia líquida | expressão gênica | hipóxia | Lif | Neoplasia | Oncologia Molecular

Resumo

O câncer de mama é o mais incidente e a maior causa de morte por esta doençaentre as mulheres, principalmente frente a possibilidade de metástase. Assim, ficaevidente a severidade desta doença, tornando-se motivo de preocupação global, enfatizando a necessidade de maior atenção em vários níveis do manejo da doença, desde o rastreamento, até diagnóstico, tratamento e prognóstico. O desenvolvimento tumoral demanda uma interconexão de diversas vias de sinalização, do microambientecelular e das características inatas de cada paciente, o que influencia a fisiopatologia,progressão e resposta ao tratamento em cada tipo de câncer de mama. Dessa forma, a medicina personalizada, facilitada por novos testes moleculares menos invasivos, tem um papel importante. A hipóxia é uma característica da maioria dos tumores,caracterizando normalmente tumores invasivos e proliferativos. Em hipóxia, os tumores apresentam o aumento da expressão dos Fatores Induzidos por Hipóxia (HIFs), fatores de transcrição que conferem maior agressividade tumoral, maior capacidade de invasão e de metástases, pior prognóstico, diminuição da sobrevivência, maior recorrência e resistência terapêutica. Além de ativar a produção de enzimas da via glicolítica, a ativação dos HIFs leva à superexpressão dos transportadores de glicose, o que explica a captação aumentada de glicose pelas células tumorais. Outro gene cuja expressão é modulada por HIF-1a durante a hipóxia tecidual é Fator Inibidor de Leucemia (leukemia inhibitory factor - LIF). Assim como HIF-1±, o LIF é expresso em níveis elevados em várias células malignas de diferentes tecidos. Assim, neste trabalho propomos o estudo da associação da expressão dos genes HIF-1a e LIF no sangue periférico de pacientes com câncer de mama e sua utilização como marcador de diagnóstico e prognóstico na biópsia líquida.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)