Busca avançada
Ano de início
Entree

Fertilidade do solo, nutrição e desempenho agronômico na rotação trigo e soja pelo residual de composto de lodo de esgoto e inoculação de Azospirillum brasilense e Bradyrhizobium sp.

Processo: 22/10819-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Thiago Assis Rodrigues Nogueira
Beneficiário:Rodrigo Silva Alves
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Glycine max   Plantio direto   Sustentabilidade
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Bpcp | Fertilizante Orgânico | Glycine Max L | Plantio direto | Sustentabilidade | Triticum aestivum L | Uso de resíduo na agricultura

Resumo

A segurança alimentar e a sustentabilidade agrícola dependem do adequado manejo da adubação, em especial, nos solos da região do Cerrado que naturalmente apresentam baixa disponibilidade de nutrientes. Considerando os elevados custos de aquisição de fertilizantes minerais, tornou-se fundamental aumentar a eficiência de uso e buscar fontes alternativas. O composto de lodo de esgoto (CLE) apresenta em sua composição quantidades significativas de matéria orgânica e nutrientes de plantas, podendo ser fornecido como fertilizante orgânico. Alguns gêneros de bactérias promotoras de crescimento de plantas (BPCPs) como o Azospirillum e o Bradyrhizobium sp. também estão sendo amplamente utilizados na agricultura. Em ambos os casos, trata-se de novas tecnologias que visam a maximização da produção de alimentos com reflexo na proteção dos ecossistemas. Por outro lado, ainda são inexistentes informações sobre o uso de CLE como fertilizante organico associado ao uso de BPCPs e seus efeitos no cultivo de plantas em sistemas conservacionistas na regiao do Cerrado. Logo, objetiva-se com este estudo, avaliar o efeito residual de três aplicações do CLE na fertilidade do solo, nutrição de plantas, componentes morfológicos e de produção, produtividade e qualidade de grãos do trigo e soja com e sem inoculação de Azospirillum brasilense, em sistema plantio direto em solo da região do Cerrado. O experimento será conduzido em condições de campo em Selvíria, MS. Será adotado o delineamento experimental em blocos casualizados (DBC), em esquema fatorial 6 x 2, com quatro repetições. Os fatores serão constituídos por quatro doses residuais de CLE aplicados em área total (15,0; 22,5; 30,0 e 37,5 Mg ha-1, base úmida) e dois tratamentos adicionais/controle (i. sem aplicação do composto e ii. com adubação mineral convencional), com e sem (co)inoculação de Azospirillum brasilense. Nos anos agrícolas 2021/2022 e 2022/2023, serão avaliados: o estado nutricional, os componentes morfológicos e de produção, o ICF, a produtividade e a qualidade de grãos de trigo e de soja. Na soja será avaliado o potencial de nodulação da cultura. Em amostras de solo coletadas nas camadas de 0,0-0,2 e 0,2-0,4 m de profundidade, será monitorada a fertilidade do solo (MO, pH, CTC, H+Al, Al, SB, V, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn). Com base nos resultados, esperamos compreender o manejo mais eficiente da adubação orgânica via CLE associado à BPCPs para otimizar a qualidade do solo e aumentar a produtividade das culturas. O presente projeto está alinhado com a "Agenda 2030" da Organização das Nações Unidas para promover os "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável".

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)