Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de integração lavoura-pecuária como estratégia para estocar e estabilizar carbono no solo na agricultura Brasileira

Processo: 22/07665-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2023
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Pellegrino Cerri
Beneficiário:Sarah Tenelli
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Empresa Sede:Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica (EP)
Vinculado ao auxílio:20/15230-5 - Centro de Pesquisa e Inovação de Gases de Efeito Estufa - RCG2I, AP.PCPE
Bolsa(s) vinculada(s):23/18299-4 - Compreensão e predição da estabilidade do carbono no solo em diferentes usos da terra na região do Cerrado, BE.EP.PD
Assunto(s):Brachiaria   Gases do efeito estufa
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:brachiaria | greenhouse gases | root exudates | soil microbiota | Soil organic matter | soil carbon sequestration, integrated cropping system

Resumo

Intensificar os sistemas agrícolas através da inclusão de espécies forrageiras com crescimento radicular vigoroso em rotação pode ser uma estratégia eficaz para aumentar a estocagem de carbono orgânico do solo (COS) visando mitigar as mudanças climáticas. Nossa hipótese é de que a inclusão de capim braquiária (Brachiaria brizantha) aumenta a estabilidade física e química do COS, além de fornecer maior quantidade e diversidade de exsudatos radiculares com potencial para aumentar a estocagem de COS. O objetivo principal desta proposta de pesquisa é avaliar as mudanças quantitativas e qualitativas na estocagem das frações de COS sobre sistemas de sucessão de culturas, integração lavoura-pecuária (ILP) e pastagem. Adicionalmente, será investigado se os exsudatos radiculares aumentam ou diminuem a estocagem de COS estável. O projeto será organizado em dois experimentos complementares. O experimento 1 irá quantificar o estoque e estabilização do COS em áreas sob cultivo de sucessão de culturas, sistema ILP e pastagem contínua utilizando métodos de fracionamento físico e composição química do COS e, avaliar os grupos microbianos associados a estocagem do COS por métodos moleculares. As áreas experimentais possuem 10 anos de condução, e se localizam na fazenda experimental da Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop/MT - Brasil, sob um Latossolo Vermelho Amarelo Distrófico Típico de textura argilosa. O experimento 2 irá quantificar o efeito de diferentes quantidades e tipos de exsudatos radiculares sintéticos na estocagem de COS em sistema ILP sob condições controladas. Para isso, três quantidades diferentes de carbono serão aplicadas como um coquetel de exsudatos radiculares sintéticos contendo glicose, glutamina e ácido cítrico em solo indeformado visando mimetizar a exsudação da soja, milho e braquiária e, em seguida, serão quantificados a estocagem e estabilização do COS. Em adição, tratamentos extras avaliarão o efeito isolado de cada um dos três exsudatos nas mudanças do COS. Os resultados fornecerão base científica fundamental para uma compreensão abrangente dos processos de estocagem e estabilização do COS, e do efeito dos exsudatos radiculares na estocagem de COS estável visando aumentar o sequestro de carbono em solos agrícolas integrados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)