Busca avançada
Ano de início
Entree

Diferenças morfológicas entre populações insulares e continentais de Epidendrum fulgens (Orchidaceae)

Processo: 22/08912-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2023
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Juliana Lischka Sampaio Mayer
Beneficiário:Iris Dechare Passos Ribeiro
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Especiação   Morfometria   Evolução
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biogeografia de ilhas | Especiação | Ilhas marinhas | Isolamento Geográfico | Morfometria | Variaçao morfologica | Evolução

Resumo

As populações da mesma espécie que vivem em ambientes distintos podem estar sujeitas a pressões de seleção natural divergentes. Ocorrendo assim, a diminuição do fluxo gênico entre ambas, que pode levar a variações morfológicas intraespecíficas e barreiras reprodutivas entre as populações. Epidendrum fulgens Brongn. (Orchidaceae), a espécies investigada neste projeto de pesquisa, é uma orquídea nativa do Brasil, distribuída na Ilha de Alcatrazes - SP, e também ao longo do litoral sul e sudeste brasileiro. Neste projeto investigaremos a variação morfológica floral entre populações continentais e insulares de E. fulgens. Pretendemos investigar como a diminuição do fluxo gênico entre populações continentais e insular e a ocorrência em habitats distintos (restinga arenosa no continente e afloramentos rochosos na ilha) pode ter influenciado a morfologia floral da população de E. fulgens localizada na Ilha de Alcatrazes - SP. O objetivo deste projeto é examinar a potencial diferenciação morfológica floral da população insular de E. fulgens localizada na Ilha de Alcatrazes. Para isso, será testada a seguinte hipótese: Existe uma diferenciação morfológica entre a população da Ilha de Alcatrazes e as populações continentais, com potencial diminuição nas flores e maior diversidade morfológica das plantas da ilha. Será realizado um estudo morfométrico de duas populações continentais, localizadas em Ubatuba - SP e Bertioga - SP e da população localizada na Ilha de Alcatrazes - SP. Os resultados deste projeto devem revelar resultados inéditos, inseridos no contexto da investigação da diversidade biológica que reside em ambientes insulares, ainda pouco explorados no litoral brasileiro.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)