Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de abordagem para a resiliência social em estudos de risco de secas

Processo: 22/15054-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2023
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Acordo de Cooperação: Belmont Forum
Pesquisador responsável:Adelaide Cassia Nardocci
Beneficiário:Karina Simone Sass
Instituição Sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/23393-4 - MADIS gerenciamento de riscos de desatres e resiliência social (MADIS), AP.R
Assunto(s):Políticas públicas   Saúde ambiental   Desenvolvimento social   Resiliência e desastres naturais   Mudança climática   Secas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:desenvolvimenton social | Mudanças Climáticas | Politicas Públicas | resiliência | secas extremas | Sistemas alimentares | Saúde ambiental

Resumo

A literatura carece de indicadores que reflitam as condições para modelar a resiliência e a vulnerabilidade à seca. As dimensões - institucional e infraestrutural - da resiliência não têm sido abordadas completamente. O objetivo é identificar e propor nova abordagem para as conexões entre perigo, exposição, vulnerabilidade e/ou indicadores relevantes frente aos eventos de secas, com ênfase nos indicadores de infraestrutura e capacidade institucional. Método: Análise da literatura sobre os indicadores de riscos e resiliência à seca mais utilizados. Aplicação de método Delphi online para um conjunto de especialistas das várias regiões do mundo, serão refinados os indicadores mais indicados pelo grupo, com base em eficácia, qualidade e a escala disponível para avaliação da resiliência e vulnerabilidade social das secas. Baseados na relevância, selecionar os indicadores para dois cenários (duas regiões) com características socioeconômicas, ecológicas e tecnológicas distintas, incluindo fatores relacionados ao impacto das mudanças climáticas no nível regional. Serão estimados os pesos que representam a força da associação entre a resiliência e vulnerabilidade dos indicadores, os quais darão subsídios para elaboração de uma ferramenta e auxílio à decisão para apoiar políticas públicas. Resultados esperados: Ampliar o conhecimento sobre a importância dos fatores institucionais e de infraestrutura para o aumento da resiliência aos desastres de secas extremas e ampliar o uso de decisões baseadas em evidências nos processos de decisão em políticas públicas. Este é um projeto do edital de cooperação FAPESP/BELMONT FORUM, desenvolvido em parceria com a da Penn State University (PSU) (USA) e da Cranfield University (CRAN) (UK).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)