Busca avançada
Ano de início
Entree

Implementação de um estudo de intervenção voltado à utilização da Caderneta da Criança para a vigilância do desenvolvimento infantil

Processo: 22/15137-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Acordo de Cooperação: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal
Pesquisador responsável:Naercio Aquino Menezes Filho
Beneficiário:Clayton John Gomes da Cruz
Instituição Sede: Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). São Paulo , SP, Brasil
Empresa Sede:Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper)
Vinculado ao auxílio:19/12553-0 - Centro Brasileiro para o Desenvolvimento na Primeira Infância, AP.PCPE
Assunto(s):Atenção primária à saúde   Desenvolvimento infantil   Primeira infância   Pessoal de saúde   Estudos de intervenção
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Desenvolvimento Infantil | Primeira Infância | saude materno-infantil | Vigilância do desenvolvimento | Desenvolvimento Infantil

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar uma intervenção voltada à utilização da Caderneta da Criança (CC) para a vigilância do desenvolvimento infantil (DI) pelos profissionais da saúde da Atenção Primária à Saúde de município selecionado. Mais especificamente, objetiva-se: [i] sensibilizar os profissionais da saúde quanto à importância do uso e preenchimento dos marcos do DI da CC; [ii] capacitar os profissionais da saúde para realizar a vigilância do DI, utilizando os marcos propostos pela CC; [iii] desenvolver e avaliar a utilização de um aplicativo para a vigilância do DI baseado na CC. Propõe-se um estudo de implementação de métodos mistos, estruturado em fases: A primeira fase (estudo exploratório) será composta por entrevistas e grupos focais com gestores e profissionais da saúde para subsidiar o desenvolvimento da intervenção e planejar uma avaliação definitiva. A segunda (estudo explicativo) será composta pela descrição da capacitação dos profissionais da saúde para utilização da CC para a vigilância do DI e registro das informações no sistema de informação do município (como, por exemplo, o eSUS). A intervenção consistirá em uma série de ações de formação e sensibilização, presenciais e à distância, com duração total de 16-20 horas. A terceira fase (estudo avaliativo) descreve a avaliação da efetividade da intervenção por meio de um ensaio randomizado por cluster. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)