Busca avançada
Ano de início
Entree

História biogeográfica e adaptativa da borboleta Heliconius erato nas florestas Neotropicais: entendendo o passado para preservar o futuro.

Processo: 21/13396-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2026
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:Patrícia Avelino Machado
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Amazônia   Genômica populacional   Mata Atlântica   Biogeografia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amazonia | Especiação ecológica | genômica populacional | Mata Atlântica | padrões biogeográficos | Biogeografia

Resumo

A região Neotropical apresenta altas taxas de diversidade e diferentes condições ambientais, suscitando questões relativas aos padrões biogeográficos de espécies animais e vegetais e sobre os processos envolvidos na origem dessa diversidade e na determinação desses padrões. No entanto, a contribuição de invertebrados nesses estudos biogeográficos nos biomas Amazônia e Mata Atlântica ainda é rara em comparação aos estudos desenvolvidos com plantas e vertebrados. Nesse contexto, estudos com borboletas há muito contribuem para a compreensão sobre padrões evolutivos e ecológicos, e podem adicionar conhecimento sobre a evolução nesses biomas. A borboleta Heliconius erato é amplamente distribuída nos Neotrópicos, desde o México até o norte da Argentina, e ocorre em todos os biomas, incluindo a Mata Atlântica e a Amazônia. O objetivo principal do presente projeto é descrever a variabilidade genética entre as populações de H. erato amostradas em diferentes localidades da Amazônia e da Mata Atlântica, e buscar os possíveis SNPs (polimorfismos de nucleotídeo único) adaptativos às diferentes paisagens onde as populações ocorrem, correlacionando a estrutura genética com a história biogeográfica e adaptativa dessas borboletas. O modelo de estudo aqui proposto, por toda sua aplicação histórica em estudos ecológicos e evolutivos e, mais recentemente, genômicos, configura uma contribuição importante para estudos que tentam entender o porquê da grande diversidade nos Neotrópicos, e como esta biodiversidade tem respondido a mudanças climáticas e ambientais nos tempos ecológicos e evolutivos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSA, AUGUSTO HENRIQUE BATISTA; BARBOSA, EDUARDO DE PROENCA; MACHADO, PATRICIA AVELINO; SIEWERT, RICARDO RUSSO; FREITAS, ANDRE VICTOR LUCCI. Dasyophthalma (Lepidoptera: Nymphalidae: Satyrinae): systematics, distribution, and conservation perspectives of a butterfly genus endemic from the Brazilian Atlantic Forest. ARTHROPOD SYSTEMATICS & PHYLOGENY, v. 81, p. 19-pg., . (21/13396-6, 18/21432-0, 21/03868-8, 13/50297-0, 16/15873-8, 20/09595-0, 12/03750-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.