Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e comparação de pontos de corte para o índice ômega-3 relacionado com fatores de risco cardiometabólico em adultos brasileiros e porto-riquenhos

Processo: 22/11755-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 31 de março de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Regina Mara Fisberg
Beneficiário:Lais Duarte Batista
Supervisor: Josiemer Mattei
Instituição Sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Cambridge, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:20/09451-9 - Consumo de gorduras e risco cardiometabólico em residentes da cidade de São Paulo: ingestão dietética e potencial cardioprotetor considerando polimorfismos nos genes FADS1 e FADS2, BP.DR
Assunto(s):Biomarcadores   Doenças cardiovasculares   Fatores de risco cardiometabólico   Ácidos graxos ômega-3   Consumo de alimentos   Gorduras na dieta
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:avaliação do consumo alimentar | Biomarcador | doenças cardiovasculares | Fatores cardiometabólicos | Ingestão dietética de gorduras | omega-3 | Consumo Alimentar

Resumo

A ingestão de gorduras na dieta tem sido associada a doenças cardiovasculares ao longo de décadas, mas alguns achados inconsistentes ainda são debatidos. O uso de biomarcadores pode contribuir para uma melhor compreensão dos impactos de ácidos graxos polinsaturados (PUFA) do tipo ômega-3 na saúde, como o índice ômega-3, definido como a soma dos ácidos graxos eicosapentaenóico (EPA) e docosahexaenóico (DHA) nas membranas dos eritrócitos. No entanto, o uso de valores de corte arbitrários adotados internacionalmente pode não ser preciso para populações com diferentes origens e grupos étnicos. Assim, o presente estudo tem como objetivo identificar e comparar pontos de corte para o índice ômega-3 relacionado a fatores de risco cardiometabólico em adultos de meia-idade brasileiros e porto-riquenhos. Trata-se de um estudo transversal que utilizará dados de dois estudos de base populacional: O ISA-Nutrição 2015 e o Boston Puerto Rican Health Study (BPRHS). Em ambos os estudos, as amostras de sangue foram coletadas após jejum de, pelo menos, 12h e a composição de ácidos graxos eritrocitários foi quantificada usando um cromatógrafo gasoso com detector de ionização de chama (Shimadzu, CG-2010, Kyoto, Japão). Os fatores de risco cardiometabólico de interesse incluem: colesterol total, HDL-c, LDL-c, triglicerídeos, circunferência da cintura, glicemia de jejum, resistência à insulina e índice de massa corporal. As diferenças entre os estudos serão testadas por um teste t independente ou teste de Mann-Whitney e as associações serão investigadas por modelos de regressão múltipla. A análise da curva ROC investigará os valores de corte do índice ômega-3 em cada estudo em relação à presença/ausência dos fatores de risco cardiometabólicos de interesse. As análises estatísticas serão realizadas no RStudio (versão 1.2.5019), com nível de significância de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)