Busca avançada
Ano de início
Entree

Entendendo as interações entre as emissões de COVs biogênicos (BCOVs) e sua contribuição para a formação de aerossóis em uma atmosfera tropical poluída

Processo: 22/11143-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2022
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Acordo de Cooperação: ANR
Pesquisador responsável:Adalgiza Fornaro
Beneficiário:Manon Rocco
Instituição Sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/07141-2 - Emissões biogênicas, química e impactos na Região Metropolitana de São Paulo: BIOMASP+, AP.TEM
Assunto(s):Química atmosférica   Emissões biogênicas   Poluição do ar   Atmosfera   Mata Atlântica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:air pollution | Atlantic Forest | atmospheric chemical composition | biogenic volatile organic compounds (BVOCs) | plants experiments | Urban forests | Química atmosférica

Resumo

Os BVOCs são componentes chave na capacidade oxidativa atmosférica. Eles desempenham grande papel na formação de poluentes secundários, como ozônio troposférico e aerossol secundário. Esses produtos secundários têm grande impacto na qualidade do ar e na poluição, induzindo doenças à saúde e problemas em questões ambientais (doenças nas plantas). Este projeto de pesquisa está envolvido no projeto francês e brasileiro BIOMASP+ (tarefa 3: composição bio-físico-química e ambiental) para fornecer uma assinatura clara das emissões de BVOC sobre o local de background (Floresta de Morro Grande) e o impacto de áreas poluídas e floresta urbana (Matão- site do IAG-USP) sobre essas emissões. Para entender as sinergias entre esses dois locais, períodos de observação intensivos e extensivos (IOP e EOP) e campanhas de campo serão implementados usando um grande painel de instrumentação on-line e off-line. Paralelamente, serão realizados experimentos de laboratório da planta para caracterizar a influência do ambiente poluído em locais de fundo como a floresta. Para ir mais longe, este trabalho de pesquisa fornecerá um banco de dados para implementar os modelos envolvidos na tarefa 4 deste projeto. As principais questões durante a bolsa de pós-doutorado são: Quais são as concentrações de gases reativos e mais particularmente BVOC nos dois super sites? Qual o impacto dessas concentrações na capacidade oxidativa atmosférica e na formação de compostos secundários em relação às emissões urbanas e concentrações de poluição? Qual é o impacto das emissões diretas de BVOC da planta na química atmosférica global no local da floresta? E então, como essas emissões podem ser influenciadas pela poluição antropogênica?

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)