Busca avançada
Ano de início
Entree

Frutos brasileiros comestíveis ricos em proteases e suas explorações microbianas para identificação de novos constituintes bioativos

Processo: 22/10835-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2023
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Paulo Cézar Vieira
Beneficiário:Mustapha Ngaski Abubakar
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Assunto(s):Produtos naturais   Peptídeo hidrolases   Alimentos   Micro-organismos   Mamão   Abacaxi   Caqui
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Edible fruits | inhibitors and coculture methodologies | microbials | Proteases | Produtos Naturais

Resumo

Pesquisas sobre condições debilitantes da saúde humana causadas por organismos patogênicos resistentes e o emprego de tecnologias avançadas na última década não renderam muitos resultados positivos como previstos. Assim, a Ciência observa o retorno das descobertas na área de Produtos Naturais (NP). O Brasil é dotado de uma enorme biodiversidade de flora e fauna o que permite explorar este potencial no estudo novos substâncias de interesse. Este trabalho investiga micro-organimos que infectam frutos comestíveis ricos em proteases (mamão, abacaxi e caqui) encontrados em Brasil. O fracionamento e o isolamento guiados por bioatividade e seguidos por espectroscopias avançadas são mecanismos capazes de distinguir rapidamente entre compostos ativos ou inativos, bem como conhecidos ou desconhecidos (desreplicação), respectivamente. Os micro-orgnismos em cultivo axêncio e cocultivo serão submetidos a diferentes condições (bióticas e abióticas) para desafiar a sobrevivência microbiana visando o desenvolvimeno de um método que seja eficiente em influenciar a quimio-bio-diversidade. A ativação de vias biossintéticas silenciosas (e outros meios) por essas espécies envolvidas em interações microbianas pode fornecer novos NPs e esta abordagem será priorizada na presente proposta. Extratos com promissoras bioatividades em algumas bactérias selecionadas, cepas fúngicas, parasitárias, bem como seus efeitos inibitórios sobre as catepsinas B, V, K & L serão investigados. Usando esta abordagem pretende-se chegar a substâncias inéditas e de interesse para o possível desenvolvimento de novos produtos. Os resultados obtidos nas etapas mais relevantes do projeto deverão ser publicados em revistas com sistema de revisão por pares e linha editorial o mais seletivo possível. Relatórios periódicos serão fornecidos de forma que tanto o supervisor quanto a FAPESP possam acompanhar o progresso da bolsa. O trabalho de pós-doutorado como caminho para desenvolvimento acadêmico (em todas as ramificações - análise, pensamento crítico, resolução de problemas, política/tomada de decisão) é acreditado para capacitar e alinhar adequadamente a carreira profissional trajetória/avanço. Assim o aproveitamento de diferentes substratos - flora microbiana, marinha e terrestre e diversidade da fauna para exploração de NPs, serão importantes na formação e atuação do pós-doc quando do seu retorno ao país de origem, a Nigéria. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)