Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de vias regulatórias e adesinas envolvidas na formação de biofilme e patogenicidade de Chromobacterium violaceum

Processo: 22/05485-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:José Freire da Silva Neto
Beneficiário:Raquel Sousa Freire
Instituição Sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/06894-0 - Fatores de transcrição bacterianos envolvidos em homeostase de metais, estresse oxidativo e virulência: investigando como Chromobacterium violaceum muda do ambiente para o hospedeiro, AP.JP2
Assunto(s):Chromobacterium violaceum   Fatores de transcrição   Sistemas de secreção bacterianos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Adesinas do tipo RTX e do tipo hemaglutinina | Chromobacterium violaceum | fatores de transcrição | Regulação da formação de biofilme | sistemas de secreção bacterianos | virulencia bacteriana | Genética molecular de bactérias

Resumo

As adesinas RTX secretadas por sistemas de secreção do tipo I (T1SS) e as adesinas do tipo hemaglutinina secretadas por sistemas de secreção do tipo V (T5SS) são importantes fatores de virulência de bactérias Gram-negativas e atuam em formação de biofilme e adesão/invasão de células hospedeiras. A Chromobacterium violaceum é uma beta-proteobactéria Gram-negativa que causa graves infeções em humanos. Por análises in silico, identificamos no genoma de C. violaceum clusters gênicos que codificam T1SSs e proteínas RTX e clusters que codificam T5SSs e adesinas do tipo hemaglutinina. Nossos dados preliminares demonstram que a proteína RTX CV_0311 é secretada pelo T1SS CV_0306-07-08 e atua na iniciação do biofilme. Além disso, temos mutantes de transposon com inserção em genes de fatores de transcrição que apresentam redução de biofilme. Neste trabalho, nosso objetivo é caracterizar fatores de transcrição e adesinas envolvidas nas diferentes etapas da formação do biofilme e na adesão/invasão da C. violaceum em células do hospedeiro. Para isso, analisaremos o transcriptoma de C. violaceum por RNA-seq, seguido de validação por RT-qPCR e EMSA, para identificar os regulons de fatores de transcrição envolvidos em biofilme. Mutantes nulos nos genes de interesse serão obtidos e avaliados quanto à virulência em ensaios com camundongos, à adesão e citotoxicidade em cultura de células e à formação de biofilme. Nossos dados ajudarão a entender as etapas de adesão/invasão na infecção por C. violaceum.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)