Busca avançada
Ano de início
Entree

Teorias contemporâneas e a circulação de ideias no planejamento - a emergência da abordagem do soft spaces: um estudo de caso na Região Metropolitana de Sorocaba inserida na macrometrópole paulista

Processo: 21/09660-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2023
Vigência (Término): 31 de julho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Sandra Irene Momm Schult
Beneficiário:Igor Matheus Santana Chaves
Instituição Sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03804-9 - Governança ambiental da macrometrópole paulista face à variabilidade climática, AP.PFPMCG.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):22/16640-8 - Uma contribuição teórico-metodológica para a análise das abordagens de soft space e soft planning: visões da teoria e prática a partir da experiência de Lisboa-Portugal, BE.EP.DR
Assunto(s):Teoria do planejamento territorial   Circulação de ideias   Análise espacial   Região metropolitana   Sorocaba (SP)   Macrometrópole paulista
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:método de análise espacial | Região Metropolitana de Sorocaba | Soft Spaces | Teoria do Planejamento | Travelling planning ideas (circulação de ideias no planejamento) | Teoria do Planejamento

Resumo

O campo do planejamento territorial integra saberes específicos e de outras disciplinas que acabam por influenciar suas práticas e ideias, da mesma forma, as dinâmicas territoriais e seus vetores tensionam a formulação de novas teorias e a práxis. Neste sentido, esta pesquisa se preocupa com a circulação das ideias em planejamento (travelling planning ideias), temática que, por um lado, tenta compreender como as abordagens do campo se originam, difundem e são interpretadas na prática. Por outro, analisa criticamente a geopolítica das redes responsáveis por esta circulação e implementação, seus ideais e valores. A partir disso, a pesquisa tem o objetivo discutir e aprofundar teorias contemporâneas e a circulação de ideias no campo do planejamento, a partir da abordagem do soft spaces, de modo a contribuir com novas interpretações e questões emergente, tendo como caso a Macrometropole Paulista MMP, especificamente a recente Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Esta abordagem que trata de processos identificados no período New Labour (1997-2006) no Reino Unido, interpreta que parte do planejamento estatutário (hard) é complementada por ações de planejamento não-estatutários ou informais (soft), onde o Estado transfere o seu protagonismo para setores e segmentos organizados em torno da sociedade civil e do mercado. Nesta abordagem, evidencia-se uma ruptura com a rigidez associada às práticas institucionais, em uma perspectiva de trabalhar para além das fronteiras políticas ou administrativas existentes. Compreendendo essas teorias emergentes e sua discussão, busca-se contribuir com os caminhos do planejamento, fortalecendo a reflexão e a produção de teorias no contexto brasileiro. Dessa forma, será empregada e discutida o caso (macro)metropolitano para avaliar criticamente os limites e possibilidades das teorias e ideias do Norte global no contexto dos países emergentes. Para tanto, a metodologia percorrerá três fases representando a circulação de ideias: I - contextualização (origem); II - descontextualização (trajetória); e III - recontextualização (destino). Em cada fase serão utilizados métodos quali-quantitativos, que envolvem pesquisa e revisão de literatura, levantamento de dados secundários, análise documental e realização de entrevistas com planejadores, acadêmicos do campo e atores-chave, bem como a sistematização desse conteúdo por meio de softwares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANDRA MOMM; MARIA FERNANDA TERRA; LUCIANA TRAVASSOS; IGOR MATHEUS SANTANA CHAVES; BRUNA DE SOUZA FERNANDES. Violência de gênero e o campo do planejamento e estudos territoriais: um retrato sobre a violência contra as mulheres no município de São Paulo durante o primeiro ano da pandemia de COVID-19. urbe, Rev. Bras. Gest. Urbana, v. 15, . (21/07554-8, 21/09660-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.