Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito dos derivados de chalcona no ciclo replicativo do hRSV em cultura de célula

Processo: 22/01492-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2022
Vigência (Término): 31 de julho de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Fátima Pereira de Souza
Beneficiário:Jefferson de Souza Busso
Instituição Sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Chalconas   Inibidores   Produtos naturais   Virologia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Chalconas | Infecção vírus-célula | inibidores | Produtos Naturais | Rsv | Virologia

Resumo

O hRSV é um dos principais agentes infecciosos causadores de Infecções Respiratórias Agudas (IRAs) no mundo todo, principalmente em crianças menores de dois anos, levando a quadros severos de bronquiolite e pneumonia, e podem deixar sequelas. Estima-se que até os dois anos todas as crianças tenham contato com o vírus, com cerca de 2% delas requerendo hospitalização. Apesar de haver muitas candidatas a vacina, ainda não houve uma capaz de criar anticorpos a longo prazo, ficando dependente de um tratamento de alto custo, que pode causar efeitos colaterais graves, como o uso do antiviral Ribavirina ou anticorpos como Palivizumab, restritos a grupos de risco. A busca por novas moléculas e terapias que interferem no ciclo replicativo do hRSV e que sejam mais acessíveis se mostra necessária. Derivados de chalcona são candidatos promissores no combate ao vírus, sendo moléculas de origem vegetal que têm mostrado ação antiviral contra diversos agentes infecciosos através de diferentes vias de atuação. Este projeto tem como objetivo investigar os efeitos dos derivados de chalcona no ciclo replicativo do hRSV. Para isso, células Hep-2 serão incubadas em diferentes concentrações de derivados de chalcona em protocolos de avaliação da ação virucida, em que serão verificadas as fases do ciclo de infecção viral (adesão, internalização, replicação e brotamento) a nível de pré e pós-tratamento. As condições que apresentarem efeito inibitório serão utilizadas na busca de vias protéicas alteradas pelos derivados de chalcona por Espectrometria de Massas (EM) e será avaliado ainda os metabólitos gerados por Ressonância Magnética Nuclear (RMN). O desenvolvimento deste projeto poderá auxiliar na identificação de compostos efetivos na prevenção e/ou tratamento das infecções por hRSV.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)