Busca avançada
Ano de início
Entree

O intermediário e o indizível na filosofia da linguagem de Platão

Processo: 21/05819-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2022
Vigência (Término): 31 de maio de 2026
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Marcelo Perine
Beneficiário:Cássio Mercier Ramos
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linguagem   Platão
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:inefável | intermediário | Limites do discurso | Linguagem | Platão | História da Filosofia Antiga

Resumo

Este projeto de pesquisa se propõe a investigar os limites da linguagem na filosofia de Platão. De fato, o Crátilo divide os nomes em matéria (¾ ¿W, 389c) e forma (Äx Ä¿æ @½Ì¼±Ä¿Â µ6´¿Â, 389a), deixando a questão de saber se esta forma é única para todos os nomes ou múltiplos. Autores importantes como Sedley (2003) e Ademollo (2011) seguem este último caminho, sem, no entanto, justificar satisfatoriamente a multiplicação de ideias. Com esta pesquisa, tentarei fundamentar a ideia do nome de tal forma que justifique sua multiplicidade relacionando-o com as realidades intermediárias de que fala Aristóteles em sua Metafísica. De fato, os intermediários são caracterizados por sua multiplicidade, e autores como Reale (2004) e Gaiser (1994) já apontaram as ideias de artefatos como pertencentes a esse estrato ontológico. Com base nessa interpretação, o conceito de um ser absolutamente indizível ou inefável, que ganhou importância no platonismo tardio, parece desnecessário e, talvez, até absurdo. Isso porque, assumindo a ideia do nome como intermediário, desaparece uma completa oposição entre o mundo inteligível e a linguagem sensível. Portanto, a pergunta que norteará esta pesquisa é: qual é o fundamento ontológico da ideia de nome e quais são suas implicações para a filosofia da linguagem de Platão? Para responder a isso, investigarei o conceito de seres intermediários, principalmente através do Crátilo e da República.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)