Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do Triclosan no cérebro de operárias de Apis mellifera (Hymenoptera: Apidae)

Processo: 22/09530-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2022
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Fábio Camargo Abdalla
Beneficiário:Mirella Franco Moreira
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ecotoxicologia   Neurotoxicidade   Histoquímica   Fluorescência   Abelhas

Resumo

O Triclosan (TCS) é um agente bacteriostático encontrado na composição de produtos de higiene pessoal, limpeza, cosméticos e agrotóxicos. O TCS é considerado um contaminante emergente, sendo detectado em corpos hídricos e apresentando toxicidade no organismo de algumas espécies. Entretanto, não há estudos sobre os efeitos do TCS em abelhas, tampouco estudos relacionados ao sistema nervoso de Apis mellifera. Em vista do exposto, pretende-se analisar os efeitos do TCS na morfologia das células de Kenyon dos corpos pedunculados e nos lobos antenais de operárias de A. mellifera. As operárias recém-emergidas serão coletadas do favo e, após, mantidas em incubadora (33ºC, 70% de umidade) por 96 horas, separadas em recipientes entomológicos contendo 10 operárias por grupo. A exposição será realizada através do oferecimento ad libitum de uma solução contaminada com TCS a 0,001 ppb (Grupo experimental 1) e 0,5 ppb (Grupo experimental 2), enquanto os grupos controles serão alimentados com solução de 50% sacarose (Grupo controle 1) e solução 50% sacarose contendo 0,5 ppb de acetona (Grupo controle 2), além de água filtrada. Após o período de exposição, as abelhas serão crio-anestesiadas e dissecadas para análise morfológica de rotina e análise histoquímica de fluorescência. Por fim, serão feitas análises morfométricas através do software Image J para medir a área dos núcleos dos diferentes tipos de células de Kenyon entre os grupos (controles e expostos). Adicionalmente, a área dos lobos antenais e a área total dos corpos pedunculados serão medidas e comparadas ente os grupos. É importante salientar o ineditismo desta pesquisa, já que o Triclosan é uma substância ubíqua nos ecossistemas, porém muito pouco estudada na área de ecotoxicologia terrestre.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)