Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da mitigação de metano, desempenho e avaliação de carcaça em ovinos alimentados com Moringa oleifera e Tithonia diversifolia

Processo: 22/08072-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2022
Vigência (Término): 09 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Ricardo Lopes Dias da Costa
Beneficiário:Natana Mendes Marques
Instituição Sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/03409-3 - Avaliação da inclusão de Moringa oleifera e Tithonia diversifolia na dieta de ovinos sobre parâmetros de digestibilidade in vivo, produção de gases, microbiota ruminal, desempenho e avaliação de carcaça e carne, AP.R
Assunto(s):Moringa oleifera   Sustentabilidade   Tithonia diversifolia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Gee | Moringa oleifera | ovis aries | Sustentabilidade | Tithonia diversifolia | Produção de Ovinos

Resumo

Objetiva-se neste projeto avaliar o efeito de duas fontes alimentares volumosas alternativas, Moringa oleifera e Tithonia diversifolia, na dieta de ovinos através do estudo de parâmetros de digestibilidade in vivo, produção de CH4 in vitro e in vivo, comunidade microbiana ruminal, desempenho animal e avaliação de carcaça e carne. A execução do experimento ocorrerá em cinco etapas. A etapa I constará do ensaio de produção de gases in vitro, onde serão confeccionados silos experimentais de 7 tratamentos, sendo eles: controle com 100% de silagem de cana e, os demais tratamentos, com proporções de 25%, 50% e 75% de substituição da cana por M. oleífera ou T. diversifolia. A segunda etapa será conduzida com vinte e cinco cordeiros alimentados com 40% de ração concentrada e 60% de volumoso, divididos entre cinco tratamentos, selecionados a partir dos resultados da etapa I, nesta etapa serão avaliados parâmetros de digestibilidade in vivo. Ao final da etapa anterior, os animais seguirão para etapa III, onde será mensurada a produção de CH4 in vivo e será investigada a comunidade bacteriana no microbioma ruminal via região V4 do gene 16s rRNA objetivando elucidar a modulação da microbiota ruminal em função das dietas. Após a digestibilidade serão selecionados 3 tratamentos com melhores resultados na etapa anterior para serem investigados na etapa IV. Trinta cordeiros serão confinados no sistema Intergado® para ensaio de desempenho animal, divididos entre tratamento controle (TC), um tratamento com substituição de cana-de-açúcar por M. oleífera e outro por T. diversifolia, Serão mensurados ganho de peso, conversão alimentar, eficiência alimentar, taxa de Kleiber e avaliação do escore corporal. Por último, na etapa V, os 30 animais, participantes da prova de desempenho, serão abatidos para avaliação da carcaça e da carne, de acordo com os tratamentos da Moringa e da Tithonia. O objetivo deste trabalho é investigar o uso da M. oleífera e da T. diversifolia em substituição a outras fontes volumosas convencionais da alimentação de ovinos a fim de propor alternativa alimentar sustentável para produção de pequenos ruminantes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)