Busca avançada
Ano de início
Entree

Coleta sistemática e consistência do banco unificado do Grupo Translacional em Oncologia Pulmonar (GTOP)

Processo: 22/00479-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2022
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Letícia Ferro Leal
Beneficiário:Alice Ornellas Ferrari
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Medicina de precisão   Banco de dados   Registros eletrônicos de saúde   Dados sociodemográficos   Coleta de dados

Resumo

O Cde pulmão é marcado por dados epidemiológicos preocupantes, como alta incidência, baixa sobrevida e diagnóstico tardio. No Hospital de Amor (HA), 540 casos foram diagnosticados em 2019, sendo 70% com doença metastática. Estudos envolvendo a coleta de dados consistentes e seguros são de grande importância para a melhora do quadro clínico dos pacientes. Por esta razão, o Grupo Translacional em Oncologia Pulmonar (GTOP) visa unificar dados de pacientes atendidos no HA em um banco único na plataforma REDCap com o intuito de gerar dados consistentes sobre o perfil dos pacientes e viabilizar outros projetos de pesquisa em diversas áreas. Objetivos: realizar o levantamento de dados sociodemográficos, clínicos, patológicos e moleculares de pacientes com câncer de pulmão e aprimorar o banco de dados do GTOP. Metodologia: as informações contidas nos prontuários eletrônicos e físicos de 2000 pacientes do HA serão coletadas e incluídas no banco de dados do GTOP armazenado na plataforma REDCap. Serão preenchidos os formulários que contêm variáveis comuns a todos os projetos em potencial ("general information", "pathology", "clinical data and treatment", "molecular diagnosis" e "follow up"). Após a coleta de dados estar finalizada, será realizada a consistência do banco - por meio do "data quality" e curadoria manual. Ao final, será realizada a estatística descritiva de todos os casos. Resultados esperados: para amostragem de 2 mil pacientes, espera-se uma média de idade em torno dos 60 anos, com maioria dos pacientes do sexo masculino. Espera-se cerca de 80% de pacientes fumantes ativos ou ex-fumantes, maioria dos casos apresentem estádio IV ao diagnóstico e cerca de 20% de todos os casos com tratamento de intenção curativa. Estima-se cerca de 20% de pacientes com mutações no gene EGFR e que, aqueles diagnosticados a partir de 2011, tenham sido tratados com TKi.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)