Busca avançada
Ano de início
Entree

Aprendizado multilíngue e multimodal para o português do Brasil

Processo: 22/04442-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 06 de junho de 2022
Vigência (Término): 05 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Helena de Medeiros Caseli
Beneficiário:Júlia Yumi Araújo Sato
Supervisor no Exterior: Lucia Specia
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Sheffield, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:20/15995-1 - Aprendizado multilíngue e multimodal para o português do Brasil, BP.IC
Assunto(s):Português do Brasil   Multilinguismo   Processamento de linguagem natural   Aprendizado computacional

Resumo

Os humanos lidam constantemente com informações multimodais, ou seja, conjuntos de dados de diferentes modalidades, como texto e imagens. Para as máquinas processarem a informação de forma semelhante aos humanos, elas devem ser capazes de processar dados multimodais e compreender a relação entre essas modalidades. Esse aspecto multimodal do aprendizado pode ser bastante útil em aplicações multilíngue, isto é, aplicações que envolvem dois ou mais idiomas. O objetivo deste projeto é explorar estratégias que resultem em um pré-treinamento mais eficiente no contexto do processamento multilíngue e multimodal, como a análise do efeito do masking visual de região para a tarefa masked region classification, bem como aplicar o conhecimento e resultados obtidos nesta pesquisa para complementar o projeto inicial da FAPESP, que surgiu como uma tentativa de atacar o problema do aprendizado multimodal e multilíngue envolvendo a língua portuguesa, propondo a adaptação da framework VTLM para diferentes idiomas e para circunstâncias mais desafiadoras relacionadas à relação imagem-texto. Acreditamos que os resultados alcançados serão interessantes para a comunidade científica. Além disso, este projeto BEPE visa enriquecer a formação da aluna em importantes áreas da computação, aprofundando seus conhecimentos em processamento de língua natural e conceitos, abordagens e técnicas de aprendizado de máquina. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)