Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise microtomográfica do tecido ósseo de ratos com periodontite experimental e tratados com prebióticos

Processo: 21/11408-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2022
Vigência (Término): 31 de maio de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Flávia Aparecida Chaves Furlaneto
Beneficiário:Laura Zanini Gianduzzo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontite   Doenças periodontais   Osso e ossos   Prebióticos   Microtomografia   Modelos animais de doenças
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Periodontite | prebióticos | Ratos | Periodontia

Resumo

A hipótese da placa ecológica relata o conceito que qualquer mudança no ambiente induz uma resposta na microbiota. Sendo assim, para evitar a recidiva da PE, é importante que fatores responsáveis por essas alterações, sejam tratados. Com ação de estimular o crescimento de micro-organismos benéficos e seus mecanismos, os prebióticos podem trazer mudanças positivas na microbiota oral, aumentando a resistência à disbiose e auxiliando na recuperação da saúde. O conceito de prebióticos foi introduzido apenas recentemente no campo da saúde bucal. É indispensável a realização de estudos adicionais para avaliar os efeitos de prebióticos nas doenças periodontais, como forma de ajudar a manter e a potencializar os benefícios providos pela microbiota comensal. O propósito deste estudo será avaliar potenciais efeitos do agente prebiótico polidextrose na progressão e desenvolvimento da periodontite experimental em ratos. Serão utilizados 44 ratos machos Wistar. Eles serão aleatoriamente divididos em 4 grupos: grupo controle(C), animais sem indução de periodontite experimental e que não receberão a administração de prebiótico (n=11); grupo PE, animais com indução de periodontite e que não receberão a administração de prebiótico (n=11); 3) PREB - animais sem indução de periodontite e que receberão a administração de prebiótico (n=11); e 4) PE/PREB -animais com indução de periodontite e que receberão a administração de prebiótico(n=11). Nos grupos PREB e PE/PREB, 10 g/dia de polidextrose será adicionada diretamente na agua de beber dos animais, no dia -30 e até o final do experimento. Nos grupos PE e PE/PREB, será colocado um fio de algodão ao redor dos primeiros molares mandibulares direito e esquerdo de cada animal, por 14 dias. Todos os animais serão submetidos à eutanásia no dia 14 do experimento. Será realizada análise do perfil microtomográfico. Os dados serão analisados estatisticamente (p <0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)