Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia de clivagem do genoma do MHV pela tecnologia de edição genômica CRISPR/Cas9

Processo: 21/01889-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2022
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Marcus Alexandre Finzi Corat
Beneficiário:Nathália Rocha de Oliveira
Instituição-sede: Centro Multidisciplinar para Investigação Biológica (CEMIB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Terapia de alvo molecular   SARS-CoV-2   Proteína 9 associada à CRISPR   Clivagem do RNA   CRISPR-Cas9   Proliferação celular   Repetições palindrômicas curtas agrupadas e regularmente espaçadas   Reação em cadeia da polimerase em tempo real

Resumo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou no final de janeiro de 2020 uma Emergência de Saúde Pública de Preocupação Internacional e posteriormente uma pandemia de COVID19 causada pelo vírus Sars-Cov-2 no início de março. Novos casos e mortes de COVID-19 continuaram a aumentar e em 20 de dezembro 2020, contabilizaram desde o início da pandemia mais de 75 milhões de casos notificados e 1,6 milhões de mortes. A corrida dentro dos hospitais é cada vez maior no sentido de se encontrar um tratamento efetivo que possa reduzir significativamente o número de mortos e os sintomas mais severos da doença que trazem consigo um prejuízo ao funcionamento do organismo que pode perdurar sequelas por anos, até mesmo pela vida toda. No entanto, controle da doença pode ainda estar longe de ser alcançado de forma consistente. Apesar de muitas drogas utilizadas como tratamento se mostrarem eficaz in vitro, nenhuma delas se mostrou capaz, de forma unânime, de agir efetivamente para reduzir os danos causados pelo Sars-CoV-2 em pacientes iniciais ou severos. Com isso, estudos de estratégias diversas são bem vindos, a fim de se obter maiores informações para o entendimento de alvos mais efetivos, que possam levar a ciência e a humanidade a superar este desafio. Sistemas de edição genômica são ferramentas em potencial para edição e ataque a sequências genômicas virais. O sistema CRISPR-Cas9 do tipo II é o mais amplamente utilizado para edição genômica, existindo várias variantes atribuindo diferentes propriedades para a proteína Cas9. Isto se deve principalmente à sua simplicidade de ativação dependendo apenas da proteína Cas9 e de um RNA guia. Apesar de o amplo uso da proteína Cas9 para edição de dupla fita de DNA ser a abordagem mais clássica deste sistema CRISPR. Indícios demonstrados pela Dra. Jennifer Doudna e seguidas por outros pesquisadores, evidenciaram que além de agir sobre dupla fita de DNA a proteína Cas9 pode ter alta afinidade e ação em moléculas de RNA simples fita (ssRNA). Partindo do princípio de que o material genético do Sars-CoV-2 é composto de ssRNA, e que no caso de células infectadas com Sars-CoV-2 encontramos estruturas de RNA do genoma viral, construímos a hipótese de que o sistema Cas9 nestas células poderia ser efetivo no controle da proliferação deste vírus na célula infectada, impedindo a formação de vírus competente, produzindo uma atividade anti-virêmica. Neste projeto, pretendemos verificar por uma prova de conceito o sucesso da clivagem de RNA viral de coroavirus pelo sistema CRISPR/Cas9 com "guides" (alvos) específicos do genoma do MHV. Com isso, poderemos comprovar a eficiência deste sistema na abordagem do controle da proliferação retroviral.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)