Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da síndrome pós-covid-19 e suas relações com o tratamento medicamentoso no sistema cardiovascular

Processo: 21/15162-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernando Luiz Affonso Fonseca
Beneficiário:Giulia Yuni Davanço
Instituição Sede: Centro Universitário FMABC (FMABC). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiopatias   COVID-19   Tratamento
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cardiopatias | Covid-19 | Síndrome Pós Covid-19 | Tratamento | Clínica médica

Resumo

O vírus SARS-CoV-2 é responsável pela pandemia da doença denominada COVID-19. Uma das particularidades dessa doença é a ausência de tratamentos medicamentosos comprovadamente específicos para combatê-la, mas apenas fármacos que agem nos sintomas. Observou-se nos pacientes internados por COVID-19 diversos efeitos adversos no sistema cardiovascular devido à ação do vírus sobre o receptor ECA-2. Ademais, foi observado que pacientes que tiveram tais efeitos estão mais predispostos a sofrer complicações no momento pós cura, o que foi denominado de Síndrome pós-COVID-19. Entretanto, carecem dados concretos sobre a consequência do uso de determinados fármacos no tratamento medicamentoso e sua relação com a síndrome referida. A necessidade de melhor entender a ação a longo prazo desses fármacos se torna ainda mais relevante quando pensamos nos possíveis efeitos colaterais sobre o sistema cardiovascular. Tendo em vista que complicações como miocardites, insuficiência cardíaca, hipertensão e arritmias miocárdicas estão presentes em grande parte dos casos de infecção por COVID-19, vê-se necessário o estudo de correlação entre o tratamento medicamentoso e agravamentos dessas complicações. A análise completa dos possíveis danos pode ser feita através da observação de exames de imagem direcionados para o sistema cardiovascular e de biomarcadores específicos para cada uma das complicações, gerando dados passíveis de, em conjunto de análise de prontuários médicos contendo o tratamento aplicado a cada voluntário, serem redirecionados a uma análise estatística.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)