Busca avançada
Ano de início
Entree

Passado, presente e futuro: um modelo integrado e sustentável de Facility Management para museus

Processo: 21/04172-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 30 de junho de 2025
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Sheila Walbe Ornstein
Beneficiário:Marcus Vinicius Rosário da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Museus   Operação e manutenção

Resumo

Cada equipamento cultural tem requisitos únicos no que diz respeito a manter a sua integridade física e estética. Os museus, especificamente, são em muitos casos instituições sem fins lucrativos, a serviço da sociedade e seu desenvolvimento, aberto ao público, que adquire, conserva, pesquisa, comunica, exibe e guarda acervos móveis, sendo o próprio edifício principal, muitas vezes, um bem patrimoniado e parte do acervo. Pode-se afirmar que é possível depreender conhecimento sobre o desempenho e funcionamento de seus componentes, elementos e sistemas na etapa de uso dos edifícios, a mais longa etapa do ciclo de vidadas edificações. O objetivo geral desta pesquisa é desenvolver um modelo conceitual - mas com potencial de aplicação efetiva no futuro - de sistema de gestão em Facility Management (FM) para museus. Para isso, os materiais e métodos a serem adotados são provenientes do Design Science Research (DSR), uma vez que contribui para o conhecimento existente na busca por soluções de questões complexas e relevantes de forma inovadora. Permitindo a construção e a avaliação dos artefatos da DSR (constructos, modelo,método e instanciação) para as seguintes subáreas, de forma integrada: gestão de espaços, gestão técnica(manutenção), gestão de infraestrutura(serviços gerais e segurança) e gestão administrativa (contratos de prestação de serviço e orçamentos). Espera-se como resultados, o mapeamento desse problema complexo e a avaliação do projeto, convergindo para a solução do problema, a demonstração da interação entre osartefatos e os elementos organizacionais, peculiares de uma instituição dedicada a aprendizagem, educação, pesquisa e fruição, tendo como exemplo, o caso de estudo o Museu Paulista da Universidade de São Paulo(edifício de exposição, biblioteca e ambientes para docentes, educativo, setor administrativos e reservas técnicas). Desta forma, a pesquisa busca contribuir para que sejam disponibilizadas ferramentas aos gestores de edificações com este perfil na etapa de uso.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)