Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da eficácia de complexos de rutênio no tratamento de câncer: estudos in vitro e in vivo

Processo: 21/14210-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 19 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Convênio/Acordo: CNPq - Pronex
Pesquisador responsável:Eduardo Ernesto Castellano
Beneficiário:Katia Mara de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/15850-0 - Difração de raios X como ferramenta no desenvolvimento de potenciais fármacos, AP.TEM
Assunto(s):Neoplasias   In vivo   Química bioinorgânica

Resumo

O desenvolvimento de compostos metálicos com o intuito de encontrar novos candidatos a fármacos para o tratamento do câncer tem ganhado cada vez mais importância no campo científico, tendo em vista que o câncer é um grave problema de saúde pública mundial. Para isso, vários metais têm sidoempregados, buscando identificar compostos mais seletivos e eficazes. Em particular, compostos a base de rutênio tem mostrado promissoras propriedades anticâncer, o que tem encorajado muitos grupos de pesquisa a desenvolver estudos focados nesse metal. Neste contexto, o presente plano de trabalho consiste na investigação do potencial antitumoral de complexos de rutênio, por meio de ensaios in vitro e in vivo, sendo parte integrante do projeto temático "Difração de Raios X Como Ferramenta no Desenvolvimento de Potenciais Fármacos" (2017/15850-0). O possível mecanismo de ação dos complexos de rutênio contendo como ligantes 5ý-dicetonas (O,O), mercaptopiridinas e mercaptopirimidinas (N,S), com formulas gerais [Ru(56-p-cimeno)(N,S)(P)]PF6 e [Ru(O,O)(P)2(N,N)]PF6, onde P se refere à monofosfinas e N,N a ligantes bipiridínicos, será investigado. Para isso, será realizados ensaios in vitroe in vivo, tais como análise do mecanismo de morte celular por ensaios de apoptose, ciclo celular,despolarização mitocondrial e formação de espécies reativas de oxigênio. Os compostos maispromissores serão selecionados para os ensaios in vivo, onde serão analisados a eficiência antitumoralem melanoma induzido em camundongos C57BL/6, bem como parâmetros toxicológicos destes tratamentos em rins, fígado e medula óssea. Por fim, almeja-se correlacionar os dados químicos e biológicos buscando fazer uma relação entre estrutura e atividade dos complexos estudados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)