Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de uma rota de recuperação de metais terras raras a partir de resíduo eletroeletrônico

Processo: 22/01159-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2026
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Denise Crocce Romano Espinosa
Beneficiário:Fernanda Fajardo Nacif Petraglia
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/11866-5 - Desenvolvimento de processos inovadores para recuperação de metais críticos, AP.TEM
Assunto(s):Hidrometalurgia   Reciclagem   Terras raras   Resíduos de equipamentos eletroeletrônicos   Mercúrio (elemento químico)   Poluição ambiental

Resumo

Novas áreas tecnológicas vêm sendo aprimoradas ao longo dos anos com uso de materiais mais eficientes e específicos para determinadas funções. Esse é ocaso dos elementos terras raras, uma matéria prima de extrema importância no atual mercado tecnológico, ecológico, petroquímico e militar. Segundo definição IUPAC, os metais terras raras são 17 elementos da tabela periódica: o grupo dos lantanídeos mais os elementos escândio (Sc) e ítrio (Y). A exploração primária deterras raras é uma questão crítica já que além de condições ambientais serem questionáveis na extração, nos últimos anos o principal e hegemônico País produtor dessa matéria prima está reduzindo as quotas para outros países e impondo taxas que embargam a comercialização do metal fora da China. De tal forma que o grupo terras raras acabou listado como a matéria prima em risco pela União Europeia. Diante dos fatos, novas fontes de terras raras precisam ser encontradas e a reciclagem é uma que aparece como importante recurso para recuperar e reutilizar essa matéria prima em novos dispositivos. O descarte e a reciclagem são estágios importantes do ciclo dos materiais de modo a reintroduzir no processo de fabricação de outro componente. Pesquisas nesse campo estão sendo desenvolvidas utilizando diversos dispositivos como fonte secundária de elementos terras raras, entre eles tem-se as lâmpadas fluorescentes, baterias de Ni-MH, monitores de computador, catalisadores de craqueamento catalítico da indústria petroquímica, imãs permanentes em computadores e telefones móveis. Nesse projeto propõe-se o desenvolvimento de uma rota para a recuperação de metais terras raras a partir de resíduos eletroeletrônicos obsoletos. Além de avaliar possível presença de mercúrio proveniente dos resíduos eletroeletrônicos e meios de remoção para a não contaminação ambiental por esse metal. Diferentes métodos hidrometalúrgicos serão avaliados em busca do mais adequado para a recuperação dos metais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)