Busca avançada
Ano de início
Entree

O meio físico e alterações geoambientais da bacia hidrográfica do córrego da barrinha na área do CEPTA, Pirassununga - SP

Processo: 22/01276-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Denise Balestrero Menezes
Beneficiário:Clara Bianchi Bahia
Instituição Sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Geologia ambiental   Ictiofauna   Degradação ambiental   Análise ambiental   Bacia hidrográfica   Pirassununga (SP)
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análise Ambiental | degradação ambiental | Geoindicadores | Geologia Ambiental

Resumo

Os corpos hídricos sofrem danos com ações antrópicas que causam desmatamento da mata ciliar, poluição das águas, ou degradam o solo. Processos superficiais que ocorrem naturalmente podem ser agravados sob efeito de ações humanas, gerando maior erosão dos solos e assoreamento dos rios. As alterações na cobertura vegetal expõem o solo, permitindo maior escoamento superficial de água da chuva e carreamento de partículas para os cursos hídricos, aumentando a sedimentação e modificando suas características composicionais. Indícios de degradação como estes possibilitam avaliar a sanidade do ambiente. Estudos locais possibilitam estabelecer geoindicadores que reflitam as mudanças nos componentes abióticos por processos naturais e que auxiliem na sua recuperação. O objetivo desta pesquisa é identificar a qualidade ambiental e alterações geoambientais da bacia hidrográfica do Córrego da Barrinha, em Pirassununga - SP, na área do CEPTA - ICMBio, por meio de um conjunto de mapas e dados ambientais que servirão de base para avaliações ambientais. Através da análise das modificações de usos do solo ao longo do tempo e do meio físico da bacia hidrográfica, com identificação de pontos de erosão, assoreamento e estudo dos sedimentos do córrego, será avaliado o atual estado de preservação e/ou degradação do local e serão buscados geoindicadores das atividades antrópicas. Os resultados serão integrados a um projeto de pesquisa que está sendo desenvolvido na Área do CEPTA, buscando evidenciar de que forma a qualidade do meio físico interfere na biodiversidade, em especial na ictiofauna local. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)