Busca avançada
Ano de início
Entree

Jogo sério no ensino do comportamento monetário para estudantes com autismo e/ou deficiência intelectual

Processo: 21/12334-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Priscila Benitez
Beneficiário:Davi Nascimento Santos
Instituição-sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno autístico   Deficiência intelectual   Equivalência de estímulos   Ensino de matemática   Aprendizagem   Educação especial

Resumo

A garantia da aprendizagem no ensino da matemática é um dos maiores desafios na educação brasileira. Dentre os conteúdos abordados, tem-se o comportamento monetário, essencial para garantir a autonomia e independência das pessoas na vida em comunidade. Com o aumento da inclusão em sala de aula, buscam-se estratégias para garantir a aprendizagem de estudantes com Deficiência Intelectual (DI) e/ou Transtorno do Espectro Autista (TEA). Foi realizada uma busca na literatura para identificar estudos que averiguaram o uso de estratégias de ensino e uso de jogo sério para ensino do comportamento monetário em estudantes com DI e/ou TEA. Como resultado evidenciou-se o baixo número de publicações relacionadas aos jovens adultos matriculados na Educação de Jovens e Adultos. O presente estudo tem como objetivo verificar se a aplicação remota de um jogo sério para avaliação e ensino de comportamento monetário com jovens e adultos com DI e/ou TEA é suficiente para garantir a aprendizagem de soma e subtração, com uso de cédulas e moedas. Na versão atual do projeto, estão sendo formuladas fases baseadas em situações do cotidiano, com tarefas experimentais estruturadas como missões, de acordo com a rede de relações de estímulos e respostas envolvidas no comportamento monetário. Será aplicada uma linha de base e testes de caracterização de repertório de entrada anterior e posterior à aplicação do jogo para validação de progresso na aprendizagem do estudante e verificação da formação de classes de estímulos equivalentes. Os dados coletados serão analisados para validar a eficácia do jogo sério no ensino do comportamento monetário. Espera-se a partir dessa pesquisa demonstrar que o ensino mediado pelo uso de tecnologias e estratégias, tais como jogos sérios, pode servir como estratégia pedagógica na inclusão educacional, respeitando-se a individualidade e o ritmo de aprendizagem dos estudantes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)