Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de grandezas cinéticas na região CCC do sistema Al-Nb-V

Processo: 21/11363-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Gilberto Carvalho Coelho
Beneficiário:Karoline Elerbrock Borowski
Instituição Sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):22/12877-3 - Determinação de coeficientes de interdifusão na região BCC do sistema ternário Al-Nb-V a 1200°C, BE.EP.MS
Assunto(s):Ligas de alta entropia   Mudança de fase
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Al-Nb-V | Coeficientes de interdifusão | ligas BCC | Ligas de Alta Entropia | Ligas de elementos multiprincipais | Pares de difusão | Transformação de Fases

Resumo

Desde o início do século 21, um novo conceito de ligas tem despertado o interesse da comunidade científica. São ligas com elementos multi-principais, também conhecidas como ligas de alta entropia. Considerando a necessidade de novos materiais para aplicações avançadas em alta temperatura, metais refratários têm sido usados como constituintes dessas ligas. Posteriormente, o alumínio foi adicionado a essas ligas com o objetivo de reduzir sua massa específica, um critério crítico de seleção de materiais na indústria aeroespacial, resultando nas ligas de baixa densidade, refratárias de elementos multi-principais. Neste contexto, um dos sistemas de interesse é o ternário Al-Nb-V, mais particularmente a região de estabilidade de fase CCC, para a qual não existe informação cinética envolvendo os três elementos. O objetivo deste trabalho é determinar os fluxos e coeficientes de interdifusão na região CCC rica em V do sistema Al-Nb-V a 1000°C e 1100°C. As ligas das fases terminais dos pares de difusão serão fundidas a arco, cortadas em cupons e colocadas umas contra as outras por um sistema mecânico para manter um bom contato nas interfaces. Após os tratamentos térmicos, os pares de difusão serão caracterizados microestruturalmente por microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia dispersiva de energia (EDS) e / ou espectroscopia dispersiva de comprimento de onda (WDS). Os parâmetros de difusão serão calculados de acordo com o método Whittle-Green.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)