Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial de substituição de meio de cultivo sintético por lixiviado previamente tratado no cultivo de microalgas visando à obtenção de biodiesel

Processo: 21/13750-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Patricia Caroline Molgero da Rós
Beneficiário:Phydias Bianchi Pereira
Instituição Sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Bioprodutos   Biodiesel   Microalgas   Transesterificação   Processos oxidativos avançados
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biodiesel | lixiviado | microalgas | Tratamento de chorume | Cultivo de microalgas, extração de bioprodutos, tratamento de chorume, transesterificação e hidrólise dos lipídeos microalgais.

Resumo

O presente projeto tem como objetivo avaliar a possibilidade de aproveitamento do chorume tratado em substituição aos meios sintéticos para o cultivo de microrganismos oleaginosos visando à obtenção de biodiesel. As microalgas podem colaborar significativamente para o desenvolvimento de um modelo produtivo sustentável baseado no cultivo desses microrganismos em efluentes agroindustriais, esgotos domésticos e lixiviado de aterro sanitário (chorume) visando à produção de biomassa com valor agregado e mitigação de CO2. A proposta selecionada para o desenvolvimento do trabalho compreende o cultivo de microalgas produtoras de lipídeos, como precursoras para obtenção de produtos do setor energético (biodiesel), permitindo a integração de processos e sustentabilidade. Por meio dessa abordagem é possível o aproveitamento de um resíduo previamente tratado como meio de cultivo para obtenção da biomassa microalgal, diminuindo os custos do processo e aumentando sua viabilidade. Para atingir este objetivo, numa primeira etapa, serão avaliadas algumas estratégias de tratamento do lixiviado, como a influência da concentração de peróxido e da radiação por processos oxidativos avançados híbridos. Em seguida, será avaliado o desempenho do crescimento de diferentes linhagens de microalgas em meios com diferentes proporções de lixiviado previamente tratado e caracterizado quanto aos seus constituintes. Por fim, a biomassa microalgal será utilizada para obtenção de biodiesel empregando como rota catalítica a catálise heterogênea, que tem como principal vantagem à utilização direta da biomassa sem extração prévia dos lipídeos. A contribuição do presente projeto será o desenvolvimento de tecnologias nacionais de processos biotecnológicos e sustentáveis para a obtenção de produtos de interesse industrial. Além disso, permitirá ainda o fortalecimento dessa linha de pesquisa no Departamento de Engenharia Química da Escola de Engenharia de Lorena da EEL/USP.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)