Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação e diferenciação de edema e infiltração tumoral em pacientes portadores de tumores primários cerebrais utilizando exames de relaxometria T2

Processo: 21/12749-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Enrico Ghizoni
Beneficiário:Letícia Mansano de Souza
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Neurologia   Sistema nervoso central   Lesões pré-cancerosas   Edema   Registros médicos   Relaxometria   Ressonância magnética   Estudos retrospectivos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:edema | infiltração tumoral | Relaxometria | Tumor primário | Neurologia

Resumo

As lesões neoplásicas do sistema nervoso central (SNC) podem ser classificadas em primárias (que se originam de células originais do SNC) e secundárias quando se originam de células provenientes de um tumor primário localizado em outra parte do corpo, recebendo a designação de metástases para o SNC. Em algumas neoplasias é muito difícil distinguir entre infiltração tumoral e edema da substância branca em exames de ressonância magnética. Por isso, é fundamental delimitar toda a extensão do tumor na RM e então planejar a ressecção, caso precise, mais segura possível, sendo imprescindível a diferenciação entre infiltração e edema de substância branca, para que não seja retirado tecido saudável e eloquente. Justificativa: De acordo com a abrangência e importância do tema apresentado, associado à lacuna ainda existente na literatura, este estudo contribuirá para que haja um planejamento mais direcionado no pré-operatório e na avaliação pós-operatória de taxa de ressecção do tumor primário infiltrativo. Objetivos: o objetivo geral é comparar e diferenciar, em exames de RT2, tumores cerebrais com presença de edema e infiltração tumoral em dois grupos, um grupo em que os pacientes apresentem edema na substância branca cerebral e em outro em que os pacientes apresentam infiltração tumoral na substância branca. Métodos: o presente estudo, com desenho do tipo coorte retrospectiva, não randomizado, objetiva analisar os prontuários, vide AGHUSE, no banco de dados do Laboratório de Neuroimagem do Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), de todos pacientes internados entre janeiro de 2011 e setembro de 2021 diagnosticados com tumor infiltrativo cerebral e metástase cerebral por meio de relaxometria T2 de Ressonância Magnética e anátomo patológico dos tumores ressecados. Portanto, o estudo será baseado em coleta de dados de prontuário médico e resultado de exames, envolvendo pacientes internados ou acompanhados no HC- UNICAMP.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)