Busca avançada
Ano de início
Entree

Episódios persistentes de poluição do ar por MP10 e O3 na região metropolitana de São Paulo

Processo: 21/14342-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2022
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Luciana Varanda Rizzo
Beneficiário:Andre Gomes Bessa Miranda
Instituição Sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição atmosférica   Qualidade do ar   Material particulado   Ozônio   Observação meteorológica   Região metropolitana   São Paulo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dispersão de poluentes atmosféricos | material particulado | Ozônio | Qualidade do ar | São Paulo | qualidade do ar

Resumo

A poluição atmosférica é um dos principais problemas ambientais em grandes centros urbanos, prejudicando a saúde e a qualidade de vida da população. Na região metropolitana de São Paulo (RMSP), estudos reportam uma tendência consistente de decrescimento das concentrações de alguns poluentes atmosféricos desde a década de 1990, apesar do aumento exponencial da frota veículos no mesmo período. Mesmo assim, episódios de ultrapassagem dos padrões de qualidade do ar ainda são frequentes, modulados principalmente pelas condições meteorológicas. Este projeto de iniciação científica tem como objetivo principal caracterizar eventos persistentes de ultrapassagem dos padrões de qualidade do ar na RMSP entre 2005 e 2021. Eventos persistentes de poluição diferem de eventos isolados, já que persistem por vários dias e ocorrem simultaneamente em vários bairros, com potenciais impactos à saúde dos habitantes. Para isso, serão utilizadas bases de dados públicas de concentração de poluentes e variáveis meteorológicas de superfície. Pretende-se avaliar a frequência, a duração e a intensidade desses eventos de ultrapassagem, bem como caracterizar as taxas diárias de crescimento da concentração dos poluentes. Além disso, pretende-se construir um modelo baseado em dados para prever a ocorrência desses eventos com base em variáveis meteorológicas de superfície. Os resultados deste projeto podem ajudar a embasar políticas públicas para mitigar os efeitos da exposição à poluição do ar em períodos desfavoráveis para a dispersão atmosférica, visando proteger a saúde da população. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)