Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência da síndrome geniturinária, associação com a função sexual e agravos pela pandemia Covid-19 em mulheres climatéricas

Processo: 21/09151-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Lucia Helena Simões da Costa Paiva
Beneficiário:Maria Paula Lazaretti Perini
Instituição-sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia   Sexualidade   Climatério   Menopausa   COVID-19
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Climatério | Covid -19 | função sexual | Menopausa | Sexualidade | sindrome geniturinaria | Ginecologia

Resumo

A deficiência estrogênica do período do climatério está associada a um aumento da prevalência de problemas como a secura vaginal, a incontinência urinária e outras comorbidades que podem afetar a função sexual. Neste momento de pandemia, pode haver um agravo ainda maior dos problemas sexuais e de vários aspectos da saúde. Objetivo: Avaliar a prevalência da Síndrome Geniturinária da Menopausa e associação com a disfunção sexual e agravos ocasionados pela pandemia. Sujeitos e métodos: Este estudo de IC é parte de um estudo maior aprovado pela Fapesp que avaliará diversos aspectos da sexualidade e da saúde de mulheres climatéricas. Será realizado um estudo de corte transversal com 282 mulheres, com 50 a 70 anos de idade. As mulheres serão selecionadas através da técnica da "bola de neve", que será formada a partir dos casais "egos" identificados inicialmente por mulheres que frequentam o Ambulatório de Menopausa e o Campus da Universidade Estadual de Campinas. Elas responderão a entrevista sobre questões sociodemográficas, de saúde geral e sexual que será feita via telefonia por internet por entrevistadores treinados para o projeto. O aluno de IC participará dos treinamentos, da coleta das entrevistas e das reuniões para discussão e redação dos resultados. Processamento e análise dos dados: Na análise bivariada será verificada através do Teste de qui-quadrado e do teste T de Student ou Mann-Whitney. Serão calculadas a razão de prevalência e respectivo IC 95% para cada uma das condições observadas. Posteriormente será feita a análise de regressão múltipla de Poisson. Espera-se obter dados de prevalência e aspectos da SGU em nossa população que contribuirão para maior conhecimento desses sintomas climatéricos, da sexualidade desse grupo, fatores associados e influência ocasionada pela pandemia Covid-19. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)