Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de dispositivos eletroquímicos baseados em grafeno obtido por técnicas avançadas de impressão a jato de tinta e gravação a laser como plataformas para monitorar biomarcadores

Processo: 21/14732-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2022
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Lauro Tatsuo Kubota
Beneficiário:Patrícia Batista Deroco
Supervisor: Arben Merkoci
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Catalan Institute of Nanoscience and Nanotechnology (ICN2), Espanha  
Vinculado à bolsa:19/00166-2 - Biossensor eletroquímico a base de papel para detecção do Traumatismo Cranioencefálico, BP.PD
Assunto(s):Grafenos   Dispositivos eletroquímicos   Técnicas biossensoriais   Diagnóstico clínico   Novas tecnologias
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Diagnóstico de doenças | Dispositivos Analíticos | dispositivos point-of-care | Grafeno | impressão inkjet | laser-scribing | Biossensores eletroquímicos

Resumo

O surto de COVID-19 mostrou-nos a necessidade de melhorias e de novas tecnologias de diagnóstico mais simples e práticas. Nesse sentido, a combinação de materiais avançados como o grafeno e seus derivados com técnicas automatizadas de obtenção de eletrodos, assim como a impressão a jato de tinta e a gravação a laser, podem gerar dispositivos sem a necessidade de modificações adicionais nos sensores eletroquímicos impressos. Isso ocorre porque o grafeno fornece filmes altamente condutores e flexíveis e seus grupos funcionais facilitam a ligação covalente direta com o bioreceptor via acoplamento de carbodiimida. Porém, um dos principais desafios da impressão com grafeno puro é a tendência do material se agregar, uma vez que é difícil dispersá-lo em líquidos com as propriedades necessárias para a impressão a jato de tinta. Isso leva ao desenvolvimento de novas formulações de tinta jato de tinta e à aplicação de novas tecnologias para obter eletrodos à base de grafeno mais práticos, baratos e fáceis de usar, principalmente com o objetivo de quebrar a barreira da pesquisa acadêmica para tornar tais dispositivos comercializáveis. Assim, este projeto visa o desenvolvimento de nova formulação de tinta à base de grafeno e a aplicação de tecnologias avançadas e automatizadas de impressão a jato de tinta e gravação a laser na fabricação de uma plataforma para utilização em biossensores eletroquímicos de alta sensibilidade. A imobilização de materiais biológicos na superfície do sensor permitirá o desenvolvimento de um biossensor para monitoramento do microbioma, como uma nova estratégia diagnóstica para medicina customizada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DEROCO, PATRICIA BATISTA; WACHHOLZ JUNIOR, DAGWIN; KUBOTA, LAURO TATSUO. Paper-based Wearable Electrochemical Sensors: a New Generation of Analytical Devices. Electroanalysis, v. N/A, p. 12-pg., . (21/14732-0, 14/50867-3, 13/22127-2, 19/00166-2, 21/09706-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.