Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudando a paisagem e seus padrões de assentamento na Sicília Central

Processo: 21/09092-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 23 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 22 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Histórica
Pesquisador responsável:Margarida Maria de Carvalho
Beneficiário:Viviana Lo Monaco
Supervisor no Exterior: Aurelio Burgio
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Local de pesquisa: Università degli Studi di Palermo (UNIPA), Itália  
Vinculado à bolsa:19/11731-2 - Povos e movimentos na Sicília central: padrões de assentamento e mudanças de um território na Antiguidade, BP.PD
Assunto(s):Arqueologia da paisagem   Paisagem   História   Geologia   Geofísica   Topografia   Sicília (Itália)

Resumo

O presente projeto tem como objetivo apresentar as atividades que pretendo realizar no meu estágio no Laboratório de Topografia Antiga da Universidade de Palermo e o plano da minha pesquisa de campo. Durante os doze meses de estágio BEPE serão realizados: um levantamento bibliográfico (que permitirá uma análise crítica da documentação arqueológica, geológica e geofísica disponível do território); levantamentos superficiais e análises por sensoriamento remoto; o processamento dos dados; e a elaboração de um inventário das feições arqueológicas da região. O território objeto do meu estudo encontra-se no município de Caltanissetta (Sicília). Nos últimos quarenta anos, a Arqueologia da Paisagem voltou sua atenção para o interior e seu papel nas mudanças econômicas, políticas e sociais em diferentes épocas históricas. Os territórios interioranos forneciam produtos para consumo e comércio, e seus habitantes eram parte ativa do desenvolvimento das cidades maiores. Para estudar a paisagem, a Arqueologia conta com inúmeras ferramentas e métodos emprestados de outras ciências, como a geologia e a geofísica, que fornecem a maioria das estratégias de pesquisa utilizadas no levantamento topográfico, incluindo o uso de ferramentas que permitem intervenções não invasivas. No meu trabalho de campo proponho o uso dessas metodologias e estratégias, compativelmente com as possibilidades oferecidas pela própria natureza do território. Os dados arqueológicos coletados serão cruzados com documentos historiográficos para permitir a compreensão da história de vida da região. O resultado da minha pesquisa nesse estágio será um mapeamento das áreas de interesse selecionadas, uma lista de feições arqueológicas da pré-história à era moderna e uma possível reconstrução dos padrões de povoamento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)