Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do sistema imune na indução de ferroptose em células tumorais

Processo: 21/09718-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2021
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Niels Olsen Saraiva Câmara
Beneficiário:Lucas de Abreu Ferreira Machado
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/05264-7 - Metabolismo celular, microbiota e sistema imune: novos paradigmas na fisiopatologia das doenças renais, AP.TEM
Assunto(s):Neoplasias   Resposta inflamatória   Inflamação   Células tumorais   Sistema imune   Morte celular   Imunometabolismo   In vivo   Técnicas in vitro

Resumo

Durante as últimas décadas, diversas abordagens terapêuticas que utilizam indução farmacológica de morte celular por apoptose foram desenvolvidas para o tratamento do câncer. Apesar da eficiência dessas terapêuticas, eventualmente as células tumorais desenvolvem resistência intrínseca aos fármacos utilizados no processo [1]. Dessa forma, encontrar novas maneiras de induzir a morte de células tumorais possui grande relevância. Dada a relação entre excesso de ferro e progressão tumoral, abordagens envolvendo metabolismo de ferro vêm sendo exploradas. Dentre elas, a ferroptose se demonstra um mecanismo promissor na indução de morte celular regulada em células tumorais [2, 3]. Evidências recentes registraram que respostas inflamatórias promovidas por células do sistema imune contribuem para o aumento de ferroptose e consequentemente para a atenuação da progressão tumoral [4]. Este trabalho hipotetiza que células do sistema imune poderiam atuar modulando negativamente vias interligadas com a regulação do metabolismo redox. Junto a isso, subtipos de macrofágos poderiam aumentar o suporte de ferro no microambiente tumoral, resultando em maior formação de espécies reativas de oxigênio (EROs). Devido a ausência de vias que atuam diminuindo a produção de EROs, aumenta-se a peroxidação lipídica e por conseguinte, aumenta-se também a ferroptose. Objetiva-se avaliar a influência do ferro em conjunto a respostas mediadas por células do sistema imune sobre vias metabólicas interligadas com a ferroptose em células tumorais. Para isso serão realizadas análises in silico, modelos in vitro e in vivo, a fim de se avaliar a resposta gerada tanto na célula tumoral como em seu microambiente. Espera-se demonstrar que o sistema imune pode ser uma forma de favorecer intrinsecamente vias associadas a ferroptose em células tumorais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)