Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanotecnologia aplicada no desenvolvimento de acaricidas e repelentes botânicos contra carrapatos de importância médica e veterinária

Processo: 21/10004-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Carolina de Souza Chagas
Beneficiário:Luís Adriano Anholeto
Supervisor no Exterior: Nicoletta Faraone
Instituição-sede: Embrapa Pecuária Sudeste. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa: Acadia University, Canadá  
Vinculado à bolsa:19/20185-1 - Espilantol e seu potencial antiparasitário e antimicrobiano: estudo dos efeitos em carrapatos de importância médica e veterinária e nos patógenos por eles transmitidos, BP.PD
Assunto(s):Nanotecnologia   Produtos naturais   Controle de carrapatos   Acaricidas   Repelentes

Resumo

Os carrapatos representam um grande problema de saúde pública, pois causam consideráveis perdas de rebanhos e são vetores de diversos patógenos, como bactérias, vírus, protozoários e helmintos, afetando animais domésticos, silvestres e humanos. Nesse contexto, novas estratégias de controle do carrapato têm sido exploradas, como o uso de acaricidas químicos de origem natural, com princípios ativos à base de plantas. A nanotecnologia pode ser usada como uma ferramenta alternativa para melhorar as propriedades químicas e a atividade biológica de produtos naturais. Nesse cenário, o presente projeto visa desenvolver nanoformulações contendo como ingredientes ativos moléculas obtidas de plantas de Acmella oleracea (Jambu), Cymbopogon citratus (capim-limão) e Lippia alba (Melissa) e verificar sua eficácia como acaricida e repelente contra larvas e adultos de carrapatos de importância médica e veterinária. O projeto pretende 1) investigar o efeito acaricida e repelente de nanoemulsões contendo extrato etanólico de A. oleracea contra larvas e adultos de Ixodes scapularis, Dermacentor variabilis e Amblyomma americanum; 2) estudar a atividade acaricida e repelente de nanoemulsões contendo óleos essenciais de A. oleracea, C. citratus e L. alba e verificar os efeitos da combinação desses três óleos (efeito sinérgico, antagônico ou aditivo) sobre os mesmos ectoparasitas; 3) verificar as propriedades acaricidas e repelentes de nanoemulsões contendo análogo de espilantol, citral e limoneno e verificar os efeitos da combinação dessas três moléculas (efeito sinérgico, antagônico ou aditivo) contra a mesma espécie de carrapato; e 4) selecionar as formulações mais eficazes a serem avaliadas e aplicadas aos carrapatos de interesse na pecuária e saúde pública no Brasil (carrapatos Rhipicephalus microplus e Amblyomma sculptum). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)